Bundesliga

Tuchel ainda acredita em Bayern campeão da Bundesliga

Mesmo sabendo das dificuldades por conta da distância de 10 pontos aberta pelo Bayer Leverkusen, técnico do Bayern de Munique ainda não jogou a toalha para as 10 rodadas restantes

Apesar do alívio com a sonora vitória sobre a Lazio por 3 a 0 e classificação para as quartas de final da Champions League, a situação do Bayern de Munique é bastante desconfortável em seu próprio país. Dos últimos cinco jogos na Bundesliga, o time bávaro perdeu 2, empatou 1 e só conseguiu duas vitórias. Parece OK, mas para quem estava brigando pelo título contra um time invicto é muita coisa.

Os tropeços, inclusive no duelo direto, fizeram com que o Bayer Leverkusen abrisse 10 pontos de distância para o Bayern, segundo colocado do torneio. Apesar da difícil situação, já que faltam apenas 10 jogos para o fim do campeonato, o técnico Thomas Tuchel ainda crê em uma remontada de seu time. Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (8), o treinador do time bávaro falou que sua equipe não jogará a toalha.

— Nós não desistimos desse título. Há uma diferença entre a desistência e uma declaração de intenções — e isso se chama realidade. A diferença é muito grande. E isso é a realidade. Para nós, trata-se de encontrar uma nova estabilidade. Isso sempre começa com o próximo passo. Precisamos vencer, vencer e vencer.

Distância de pontos complica sonho

Para voltar ao caminho das vitórias também na Bundesliga, o Bayern vai encarar neste sábado (9) o Mainz 05, na Allianz Arena, a partir das 11h30. Mesmo focado em fazer os 3 pontos, Tuchel admite que os tropeços ao longo da competição dificultaram as coisas para o seu time. Além de ganhar, os bávaros também precisam torcer para o Leverkusen tropeçar no próximo domingo (10), em jogo contra o Wolfsburg, em casa.

— A questão já não está nas nossas mãos. O Leverkusen já não nos sente respirar no pescoço deles e a culpa é nossa. Mas isso não nos isenta do nosso dever de dar tudo amanhã.

Mesmo assim, nada vai mudar, e o Bayern entrará como favorito. Adversário do fim de semana, o Mainz é o penúltimo colocado da Bundesliga, e com 16 pontos, ganhou apenas dois jogos ao longo da competição nacional. Mas, além disso, o time anfitrião contará também com o alívio vindo da boa vitória contra a Lazio, em casa, nesta semana. Tuchel falou que a classificação para a Champions foi importante para levantar a moral da equipe, mas que o foco precisa estar direcionado agora para o Mainz.

— Há sempre uma grande esperança. Obviamente, experiências e resultados como os da Lazio nos ajuda, porque nos dão coragem e confiança. Quando você veste a camisa do Bayern, o que importa é o desempenho. Amanhã é o mesmo. Queremos o máximo contra o Mainz. Esperamos que a vitória nos dê confiança e que possamos seguir com mais vitórias.

Cair, mas cair atirando

A situação do Bayern na Bundesliga está longe de estar confortável. Mesmo a do treinador também já sofreu um grande baque, já que ele deixará o clube no fim da temporada, por não fazer o time render o seu melhor em 2023/2024. Mas mesmo contra todos os prognósticos, Tuchel seguirá buscando deixar a equipe pela porta da frente, seja na Alemanha, seja no contexto continental.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo