Bundesliga

Técnico do Werder Bremen pede demissão, acusado de falsificar o certificado de vacinação

Markus Anfang negou as alegações e disse estar vacinado, mas preferiu pedir demissão, após a denúncia feita pelo próprio departamento de saúde de Bremen

A discussão sobre a vacinação contra a COVID-19 na Alemanha é pertinente, com o número de casos positivos chegando ao seu ponto alto desde o início da pandemia e a adoção de novas medidas restritivas. No futebol, o debate se centrou principalmente ao redor do Bayern de Munique, com quatro jogadores que decidiram não se vacinar. Já o Werder Bremen, mesmo na segunda divisão, ganhou as manchetes neste sábado por um episódio potencialmente irresponsável de seu treinador que gerou um pedido de demissão. O técnico Markus Anfang é investigado pelas autoridades locais, após ser denunciado pelo próprio departamento de saúde de Bremen por falsificar seu certificado de vacinação.

Anfang pediu demissão com efeito imediato ao lado de seu assistente principal, Florian Junge. Segundo o próprio Werder Bremen, a razão para a decisão foram as investigações da promotoria pública contra os dois treinadores, bem como o debate gerado ao redor do clube em relação à acusação. A saída aconteceu apenas horas antes que os Verdes entrem em campo pela segunda divisão alemã. A equipe fará um duelo importante contra o Schalke 04, dentro do Weserstadion. Além disso, também neste sábado, o chefe do departamento de observação do clube, Clemens Fritz, testou positivo para a COVID-19.

Nesta sexta, diante do anúncio da investigação, Anfang afirmou que tomou as duas doses da vacina e que seu certificado não tinha qualquer problema, após ser digitalizado numa farmácia. Neste sábado, entretanto, optou por deixar o cargo: “Devido à situação extremamente estressante para o clube, para minha família e para mim, decidi que vou encerrar meu trabalho como treinador principal do Werder Bremen imediatamente. Pedi às pessoas responsáveis para encerrar meu contrato e elas atenderam meu pedido. Desejo sucesso ao Werder Bremen contra o Schalke logo mais e o máximo de sucesso para o futuro”.

Na sexta-feira, o diretor Frank Baumann também afirmou que “não tinha razões para duvidar” de que o treinador principal e seu assistente tinham se vacinado. Entretanto, neste sábado, o dirigente acatou a demissão sem muitos empecilhos: “Com a decisão tomada, Markus e Florian assumem a responsabilidade e contribuem para encerrar as inquietações que têm surgido ao redor do clube e da torcida nos últimos dias. Nós respeitamos o pedido de demissão e iremos agora procurar um novo treinador”. A equipe será assumida interinamente por Danijel Zenkovic, até a escolha de um novo comandante.

Markus Anfang assumiu o Werder Bremen no início da atual temporada. O treinador de 47 anos trabalhou por muito tempo nas categorias de base do Bayer Leverkusen, onde atuou como jogador, até construir seu nome nas divisões de acesso do Campeonato Alemão. O comandante foi o responsável por levar o Holstein Kiel da terceira divisão aos playoffs de acesso à elite. Depois, dirigiu o Colônia na segundona, demitido às vésperas da conquista do acesso em 2018/19. Na temporada passada, treinou o Darmstadt. Florian Junge era seu braço direito desde a base do Leverkusen.

O Werder Bremen faz uma campanha mediana na atual edição da segunda divisão. Rebaixados na última temporada, os Verdes ocupam a oitava colocação e conquistaram apenas cinco vitórias nas 13 primeiras rodadas. O confronto direto com o Schalke 04, que também aparece fora da zona de acesso, é um dos compromissos mais importantes nesta reta final do primeiro turno.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo