Bundesliga

Szoboszlai mostrou seu cartão de visitas à Bundesliga, com dois gols e grande atuação no baile do Leipzig

Em recuperação durante os últimos meses, Szoboszlai brilhou em sua primeira partida como titular na Alemanha

A relação entre os clubes da Red Bull facilitou a transferência de Dominik Szoboszlai do Salzburg para o Leipzig. O meio-campista de 20 anos ganhou destaque o suficiente na Áustria para ser cobiçado por vários clubes tradicionais, mas optou por se mudar à Alemanha e continuar sua progressão nos Touros Vermelhos. A nova equipe, entretanto, precisou esperar. O húngaro se lesionou gravemente e, mesmo contratado em janeiro, não estreou na Bundesliga passada – e nem disputou a Eurocopa. Recuperado, Szoboszlai agora apresenta seu valor no início da atual temporada. Nesta sexta, ele comandou a goleada do Leipzig sobre o Stuttgart, com dois gols nos 4 a 0 dentro da Red Bull Arena.

A estreia oficial de Szoboszlai pelo RB Leipzig aconteceu na Copa da Alemanha. Saiu do banco e ainda assim marcou seu gol na vitória por 4 a 0 contra o Sandhausen. O meio-campista também não seria titular na rodada inaugural da Bundesliga e, presente em campo na meia hora final, não evitou a derrota para o Mainz 05 fora de casa. Nesta sexta, enfim, apareceu pela primeira vez no 11 inicial. E compensaria a aposta de Jesse Marsch, funcionando muito bem, jogando mais aberto pela direita na trinca de meias.

O Leipzig só não abriu o placar mais cedo por causa de Florian Müller. O Stuttgart até buscou equilibrar nos 15 minutos iniciais, mas logo o domínio dos anfitriões se tornou incontestável. O goleiro dos suábios colecionou grandes defesas, impedindo que a pressão dos Touros Vermelhos movimentasse o placar. O primeiro gol sairia somente aos 38, mas num grande lance de Szoboszlai. Após a saída errada dos adversários, o meio-campista pegou a bola no bico da grande área e desferiu um excelente chute cruzado, que saiu do alcance de Müller para morrer no cantinho. A porteira se abria para o segundo tempo.

Logo no primeiro lance da etapa final, aos 15 segundos, o Leipzig ampliou. Foi uma troca de passes sensacional dos anfitriões, com vários toques rápidos e de primeira. O grand finale contou com uma ajeitada de calcanhar de André Silva para Emil Forsberg. Livre na área, o sueco definiu com enorme calma diante de Müller. E o terceiro teria novamente a assinatura de Szoboszlai, aos sete minutos. Numa cobrança de falta, o húngaro tentou o cruzamento e, sem que ninguém desviasse, a bola entrou direto.

A facilidade do Leipzig era tão grande que deu para matar o jogo aos 20, a partir de um pênalti que André Silva converteu, em seu primeiro gol pelo novo clube. Depois disso, o time da casa perdeu motivação e não se esforçaria para mais. O Stuttgart ainda tentou diminuir o tamanho do estrago e anotar um gol de honra pelo menos, mas não que tenha feito muito para ameaçar a meta de Péter Gulácsi.

A vitória do Leipzig é importante, considerando o decepcionante tropeço na estreia, contra um Mainz que lidava com diversos desfalques. A boa atuação contra o Stuttgart serve de credenciais às ambições dos Touros Vermelhos e principalmente à qualidade que permanece no elenco, sob as ordens de um técnico excelente como Jesse Marsch. E o melhor fica mesmo pela eclosão de Szoboszlai. É um jogador cotado para ser protagonista da equipe, especialmente diante de uma possível saída de Marcel Sabitzer, e ele cumpriu tal expectativa.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo