Bundesliga

Pobre Hamburgo: Esse cara arriscou o chute da intermediária do campo de defesa e fez o gol

“O gol que Pelé não fez”. Bom, você já deve ter se cansado de ouvir este clichê, se referindo sempre a qualquer gol marcado do círculo central e adjacências. Mas se os chutões certeiros da linha que divide o campo são relativamente comuns (desculpe, Pelé), ver um balaço que vem da intermediária defensiva é um bocado mais raro. Exatamente o que aconteceu nesta quarta, durante amistoso entre Hamburgo e Holstein Kiel, na Alemanha.

Recém-promovido à segunda divisão, o Holstein Kiel deixou a torcida do Hamburgo mais preocupada do que de costume, ao vencer os Dinossauros por 5 a 3. E ainda mais pela maneira como aconteceu: após abrir dois gols de vantagem em dez minutos, o HSV permitiu a reviravolta no placar. O gol da virada, aos 34 do segundo tempo, foi justamente o que Pelé invejaria. Méritos de Dominik Schmidt, por toda a precisão e ousadia. Mas também deméritos do jovem goleiro Julian Pollersbeck, que devia estar prestando atenção em outra coisa quando a bola começou a viajar. Péssimo começo para o ótimo arqueiro, protagonista da seleção alemã na conquista do Europeu Sub-21 e contratado junto ao Kaiserslautern nesta janela de transferências.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo