Bundesliga

O sufoco do Dortmund em campo valeu uma vitória que dá ainda mais sossego na liderança

Em uma rodada na qual a maioria dos clubes da Liga dos Campeões poupa jogadores, o Borussia Dortmund indicou que sua prioridade é mesmo a Bundesliga. Antes do reencontro com o Atlético de Madrid, Lucien Favre não deu descanso a muitos titulares. E isso foi importante para que os aurinegros conquistassem uma vitória apertada fora de casa, que mantém a liderança do campeonato nacional. Dentro da Volkswagen Arena, derrotaram o Wolfsburg por 1 a 0. Não foi a atuação mais brilhante dos visitantes, embora tenham criado as melhores ocasiões de gol. Ainda assim, o triunfo aumenta a confiança.

Os garotos do Dortmund, mais uma vez, fizeram a diferença. Melhor durante o primeiro tempo, o time anotou o gol da vitória aos 27 minutos. Jogada construída por Jacob Bruun Larsen e que contou com o cruzamento decisivo de Jadon Sancho. Desta vez o inglês não registrou a assistência, mas seu passe serviu para que Thomas Delaney ajeitasse de cabeça e Marco Reus arrematasse na pequena área. Os aurinegros poderiam ter ampliado antes do intervalo, mas não aproveitaram a chance.

Já na segunda etapa, o Wolfsburg começou a sair mais para o jogo. O Dortmund agia com desleixo, entre os contragolpes desperdiçados e a marcação por vezes espaçada. Roman Bürki chegou a fazer uma intervenção decisiva e, no maior susto, já aos 41, Marcel Tisserand ficou a um triz de empatar. O jogador dos Lobos reclamou de um pênalti, que não foi anotado depois de consulta do árbitro à central do VAR. Alívio para os aurinegros, voltando para casa com os três pontos na bagagem.

O Borussia Dortmund volta a abrir vantagem na liderança da Bundesliga. Soma 24 pontos, quatro a mais que o Bayern de Munique – estacionado após o empate com o Freiburg dentro da Allianz Arena. Já são 15 jogos de invencibilidade dos aurinegros na temporada. Situação boa para que o time de Lucien Favre siga trabalhando com calma e arremate também a liderança no Grupo A da Champions, visitando o Atlético de Madrid na próxima terça-feira. O Wolfsburg caiu ao 11° lugar, com 12 pontos.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo