Bundesliga

O Dortmund tomou um susto, mas, sem Haaland, se recuperou para vencer o Augsburg

Um bom segundo tempo permitiu a vitória do Dortmund, com Brandt anotando o gol decisivo

O Borussia Dortmund ainda se acerta neste início de temporada, sob as ordens de Marco Rose, e leva um tempo para pegar no tranco. Derrotado na última rodada da Bundesliga, o BVB se recuperou dentro do Signal Iduna Park neste sábado, ao vencer o Augsburg por 2 a 1. O primeiro tempo ainda testou a paciência da torcida aurinegra, com os bávaros arrancando o empate pouco antes do intervalo. Em compensação, o segundo tempo guardou uma grande atuação dos anfitriões e o placar ficou até barato, com duas bolas na trave. Com dores na coxa, Erling Braut Haaland foi desfalque desta vez.

O Dortmund conseguiu o primeiro gol logo aos dez minutos. Após pênalti sobre Donyell Malen, Raphaël Guerreiro converteu com categoria. Os aurinegros, porém, ofereciam pouco ofensivamente e tinham dificuldades para criar novas oportunidades, mesmo com a posse de bola. Com isso, o Augsburg se sentiu mais cômodo e saiu para o ataque, buscando o empate aos 35. Depois que Arne Maier carimbou a trave de longa distância, Andi Zeqiri apareceu para conferir no rebote. Antes do intervalo, o BVB tentou recuperar o prejuízo, sem sucesso.

Logo no início do segundo tempo, aos seis minutos, o Dortmund retomou a vantagem. Marius Wolf acelerou pela esquerda, Reus serviu pelo centro e Julian Brandt tratou de balançar as redes. O meia limpou a marcação e chutou no cantinho, numa linda construção dos aurinegros. Na retomada da partida, o Augsburg também chegou a balançar as redes. Porém, o segundo gol de Zeqiri foi anulado por uma falta pouco antes. O momento, porém, era mesmo do BVB e quase o terceiro saiu aos 11. Wolf mandou uma bomba que Rafal Gikiewicz espalmou e Reus emendou o rebote na trave. Logo depois, Malen foi travado e Reus cabeceou para fora. A entrada de Thorgan Hazard no lugar de Thomas Meunier, pouco antes, ajudava o setor ofensivo.

A postura do Dortmund era bastante diferente em relação ao primeiro tempo, sobretudo pela velocidade que conseguia imprimir no ataque. E os aurinegros carimbaram a trave mais uma vez aos 21. Em outro lindo contragolpe, Jude Bellingham tocou e Hazard saiu de frente para o crime, mas estalou o pé da trave na tentativa de vencer Gikiewicz. Reus também perdoaria num lance frontal, arrematando por cima do travessão. O domínio evidente poderia render uma vantagem mais confortável, mas pelo menos a marcação do BVB também se acertou e o Augsburg não representava grande ameaça. Somente num lance em que Florian Niederlechner estava impedido é que os bávaros assustaram, já aos 40. Nada que comprometesse a comemoração no Signal Iduna Park.

O Borussia Dortmund assume a vice-liderança da Bundesliga neste sábado. Os aurinegros chegam aos 15 pontos, ultrapassando inclusive o Wolfsburg, que perdeu diante do Borussia Mönchengladbach. Entretanto, o BVB ainda precisará secar o Bayer Leverkusen neste domingo para não perder o posto – além do próprio líder Bayern de Munique. O Augsburg, na outra ponta da tabela, fica com cinco pontos e corre o risco de terminar a rodada na zona de rebaixamento.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo