Bundesliga

O Bayern já se empolga com o futuro ao contratar Mathys Tel, prodígio do Rennes e capitão da França Sub-17

Embora só tenha disputado 10 partidas com o Rennes, Tel chega ao Bayern cotado como uma futura estrela do ataque

O Bayern de Munique permanece sem uma reposição direta a Robert Lewandowski no comando de seu ataque. Até surgiram rumores envolvendo o interesse em Harry Kane e o interesse de Cristiano Ronaldo, mas nada tão concreto. O principal reforço para o ataque é Sadio Mané, que pode até atuar mais centralizado, numa provável linha de frente com características diferentes. Porém, a falta de um centroavante como Lewa dando sopa no mercado não impede os bávaros de pensarem no futuro. E há uma dose de empolgação ao redor do clube pelo acerto oficializado com o Rennes nesta terça-feira. Por €20 milhões, o Bayern levou o jovem Mathys Tel, de apenas 17 anos. O prodígio das seleções de base da França é visto como uma potencial estrela dos alvirrubros, por sua precocidade e por sua qualidade.

O valor desembolsado pelo Bayern diz mais sobre o futuro do que sobre o presente de Mathys Tel. O grande feito do atacante na equipe principal do Rennes foi quebrar o recorde de Eduardo Camavinga como mais jovem a estrear pelo clube, aos 16 anos e três meses. Quando ganhou uma chance, o novato recebeu elogios rasgados do técnico Bruno Génésio: “Ele é um jogador significantemente mais maduro que a média de sua idade. Suas qualidades atléticas são também acima da média, mas não só isso. Sua habilidade técnica e sua inteligência de jogo me impressionaram”.

Apesar da confiança do treinador, Mathys Tel foi lançado com calma pelo Rennes. O garoto não disputou mais do que 79 minutos pelos rubro-negros, somando todas as aparições em campo. Foram 10 partidas com a equipe principal, incluindo sete jogos pela Ligue 1 e dois pela Conference League. Já nas categorias de base, o francês possui ótima amostragem. Reúne marcas interessantes com os times juvenis do Rennes e também com o segundo quadro. Além disso, é o capitão da França Sub-17 e foi um dos destaques no Campeonato Europeu da categoria disputado no último mês de maio, com o título dos Bleus. Teve o gosto de erguer a taça.

Antes que o acerto com o Bayern se confirmasse, Julian Nagelsmann chegou a prever que Mathys Tel “poderá um dia marcar 40 gols por temporada”. Esse é o nível de animação com o novo reforço. “Ele é um jogador muito jovem e talentoso, pode atuar em diferentes posições. É rápido, forte, bom ao proteger a bola de costas para o gol”, comentaria o alemão. O treinador, porém, garantiu que o francês não será a reposição direta a Lewandowski. Para Nagelsmann, já será ótimo se o adolescente alcançar os dez gols na atual temporada. O Bayern, além dos €20 milhões, também poderá desembolsar mais €8,5 milhões em bônus ao Rennes.

Mathys Tel apresenta muitas virtudes, mesmo tão jovem. O atacante possui bom porte físico, mas se destaca mesmo pela velocidade e pela qualidade técnica. É ótimo no mano a mano e possui um bom repertório de dribles, enquanto finaliza com precisão. O garoto pode atuar tanto como ponta quanto como centroavante – sua posição mais costumeira. Segundo a revista Kicker, a comparação mais comum na França por seu estilo de jogo é com Thierry Henry.

Uma curiosidade sobre Mathys Tel é que ele iniciou sua trajetória como zagueiro e apenas aos 14 anos é que acabou levado ao ataque. Sua manutenção na zaga era vista como um “desperdício de talento”. Nascido na região metropolitana de Paris, o adolescente passou dois anos no centro de treinamentos de Clairefontaine, famosa academia da seleção francesa. Depois disso é que, com 15 anos, se mudou à Bretanha e passou a atuar nas equipes inferiores do Rennes. Desde então, ganhou reconhecimento rapidamente.

“Mathys Tel é um dos maiores talentos da Europa. É um atacante muito rápido, forte tecnicamente e versátil. Ele foi capitão da França campeã europeia sub-17. Eu o acompanho há muito tempo e agora conseguimos convencê-lo a dar esses próximos passos importantes em Munique conosco. Estamos orgulhosos disso, porque muitos clubes queriam contratá-lo. O desenvolvimento de um jogador jovem tão extraordinário é um projeto empolgante para todos nós”, comentou o diretor Hasan Salihamidzic.

Já o novato também indicou sua felicidade com o acerto: “O Bayern é um dos melhores times do mundo. Estou muito ansioso para este grande desafio e darei de tudo por esse clube. As negociações com os responsáveis pelo Bayern me impressionaram muito e rapidamente percebi que realmente gostaria de ir para Munique”. Tel valoriza mais as categorias de base do Rennes, que também revelaram Ousmane Dembélé e Eduardo Camavinga com grande sucesso nos últimos anos.

É possível que Mathys Tel seja bastante utilizado na rotação do Bayern para a próxima temporada. Joshua Zirkzee tende a ser negociado e Fiete Arp foi vendido, sem engrenar no segundo quadro. Assim, a principal opção no banco de reservas continua sendo Eric Maxim Choupo-Moting. Por aquilo que agrega, o francês poderá ganhar rodagem desde cedo com os bávaros. E o clube não deve esperar muito para aproveitar seu talento. Não será alguém para ocupar a posição de Lewandowski, mas o projeto é que se torne o dono do ataque, tal qual o polonês, dentro de alguns poucos anos.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo