Bundesliga

Nkunku atravessa uma fase arrebatadora com o RB Leipzig e comandou o triunfo sobre o Bochum

Apesar do mau momento do time, Nkunku chegou aos oito gols nos últimos cinco jogos

O RB Leipzig atravessa um começo de temporada cambaleante, mas não por culpa de Christopher Nkunku. Individualmente, o momento do ponta é excelente e ele faz a diferença para evitar um desempenho pior dos Touros Vermelhos. O francês marcou oito gols e deu uma assistência nas últimas cinco partidas. Neste sábado, ele carregou a equipe de novo, com dois tentos no triunfo por 3 a 0 sobre o Bochum, na Red Bull Arena. O resultado alivia um pouco a barra de Jesse Marsch, após a derrota para o Club Brugge na Champions.

Nem todas as boas atuações de Nkunku renderam vitórias ao RB Leipzig, como na tripleta diante do Manchester City. Desta vez, porém, a parada seria mais fácil para os Touros Vermelhos. A equipe abriu o placar aos 24 do segundo tempo, com o dedo de Jesse Marsch. Dominik Szoboszlai e André Silva tinham acabado de sair do banco e já participaram do tento, num escanteio cobrado pelo húngaro que o português completou. Depois, veio o show de Nkunku. O ponta marcou seu primeiro aos 28, num belo toque por cobertura após ser acionado por André Silva. E o francês voltou a encobrir o arqueiro aos 33, quando fechou a contagem para o Leipzig.

O Leipzig emenda duas vitórias consecutivas na Bundesliga e sobe ao sétimo lugar, com dez pontos. Fica a três pontos da zona de classificação à Champions, mas aguardando o restante da rodada no domingo. Já o Bochum, candidatíssimo ao descenso, tem quatro pontos.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo