Bundesliga

Não pergunte a Reus sobre a mentalidade do Dortmund: “Isso está me dando nos nervos”

Quando falamos em Borussia Dortmund, é normal pensarmos em duas coisas. De um lado, um time que é agressivo, ofensivo, rápido, mortal em contra-ataques. Por outro, um time instável que não consegue manter sempre os resultados dentro dos jogos e nem ao longo da temporada. Na temporada passada, o time chegou a ter oito pontos de vantagem sobre o Bayern de Munique na Bundesliga, mas não conseguiu manter o ritmo e perdeu o título, decidido na última rodada. No fim de semana, o Dortmund tomou o empate do Eintracht Frankfurt nos acréscimos, depois de estar vencendo. Seria um problema de mentalidade? O atacante e capitão Marco Reus ficou irritado quando foi perguntado sobre isso após o jogo.

[foo_related_posts]

“Isso está me dando nos nervos”, disse Reus à Sky Alemanha. “O gol contra foi um problema de mentalidade? Nós defendemos de forma estúpida nessa situação, é claro, mas não venham com essa bobagem de vocês de mentalidade. Toda semana a mesma bobagem. Se trata de defender bem e saber que o Frankfurt sempre pode se recuperar, mesmo que estejamos vencendo por 2 a 1”, continuou o jogador.

“Nós temos que enfrentar melhor os últimos cinco minutos. Eu não sei como saiu o gol de empate. Eu acho que em um lateral, onde nós nos colocamos em perigo. Isso simplesmente não pode acontecer. Mas não venha com essa coisa de mentalidade, por favor”, disse um irritado Reus.

O técnico Lucien Favre também refutou a hipótese de o time ter um problema de mentalidade. “Não tem nada a ver com isso”, respondeu o treinador. “Nós tivemos mais oportunidade para marcar gols. Você pode dominar completamente um jogo por 90 minutos, o que atualmente não é possível. É o mesmo em qualquer lugar, eu assisto outros jogos”.

No próximo sábado, o Dortmund volta a campo pela Bundesliga contra o Werder Bremen. No dia 2 de outubro, a equipe volta a campo contra o Slavia Praga, na Tchéquia.

Standings provided by Sofascore LiveScore

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo