O Estádio An der Alten Försterei abrigou uma partida histórica da Bundesliga nesta sexta-feira. Youssoufa Moukoko entrou para os livros da competição: aos 16 anos e 28 dias, se tornou o mais jovem a balançar as redes no Campeonato Alemão. A noite, porém, não foi completamente feliz ao adolescente. O substituto de Erling Braut Haaland foi o melhor de seu time, lutando e ameaçando muito. O problema é que o Borussia Dortmund não ajuda, ainda sofrendo as consequências de sua mudança de técnico. E o Union Berlim, afinal, é um dos times mais bem montados desta Bundesliga. Os Eisernen fazem uma campanha excepcional e já tinham dado trabalho ao Bayern de Munique no último final de semana. Desta vez, assim como na temporada passada, derrotaram os aurinegros por 2 a 1. Méritos da sólida defesa montada por Urs Fischer e do ataque sempre fatal nas bolas paradas.

O Union Berlim começou a partida querendo sair em vantagem. Logo no primeiro minuto, Taiwo Awoniyi criaria um lance de perigo, mesmo com o impedimento flagrado. Por mais que o Borussia Dortmund tentasse pressionar na marcação, os Eisernen construíam muito melhor seus ataques com as ligações diretas. Os aurinegros até poderiam ter aberto o placar num lance desperdiçado por Jadon Sancho, batendo em cima do goleiro Andreas Luthe após passe açucarado de Moukoko, mas os sustos dos berlinenses eram mais constantes. Depois de um erro forçado no campo de ataque, Awoniyi de novo chegou com liberdade, mas Roman Bürki salvou a pele dos visitantes aos 17.

A partida se concentrava na intermediária, com o ótimo trabalho do Union Berlim na marcação. O Dortmund não tinha criatividade para romper a defesa dos anfitriões. Não era uma partida de muitas finalizações, mas os Eisernen eram superiores dentro de seu plano de jogo. Os aurinegros ainda pareciam meio perdidos entre as diferentes exigências de Edin Terzic, seu novo treinador, e só foram criar um pouco mais na reta final do primeiro tempo. As melhores chances tinham a participação de Moukoko, mas o centroavante ainda não quebrou o zero do placar antes do intervalo. Chegaria a carimbar a trave já aos 45, saindo de frente com Luthe após passe de Giovanni Reyna.

O segundo tempo ficaria mais aberto em Berlim, com o Borussia Dortmund tentando jogar pelo chão e o Union se valendo de sua qualidade nas bolas paradas. A virtude dos Eisernen seria mais importante, rendendo o primeiro gol aos 12. Depois do escanteio cobrado por Christopher Trimmel, Grischa Prömel desviou no primeiro pau e Awoniyi apareceu livre no meio da pequena área para fuzilar – coroando mais uma baita atuação individual. Pelo menos o Dortmund não demorou a responder, com o empate três minutos depois. Raphaël Guerreiro deu uma ótima enfiada por trás da zaga e Moukoko invadiu livre a área, soltando o canudo para vencer o goleiro Luthe.

A partida parecia se abrir ao Dortmund, que cresceu com o gol. Moukoko, principalmente, se sentia mais confiante e participava de cada lance ofensivo dos aurinegros. A defesa do Union Berlim conseguia conter o ímpeto do garoto, travando seus chutes. Porém, bastou aos Eisernen uma nova chance na bola parada para a vitória se desenhar. Aos 33, Cedric Teuchert cobrou mais um escanteio pela direita e Marvin Friedrich saltou no meio do congestionamento na área para cabecear. Bürki saiu atrasado e não alcançou a bola que tocou a trave. No fim, mesmo com as alterações de Edin Terzic, o Dortmund ofereceu pouquíssimo para pressionar e buscar o empate. Ficou a frustração.

O Union Berlim assume a quinta colocação na Bundesliga. Os Eisernen vão para a pausa de inverno com 21 pontos, encerrando uma sequência de quatro rodadas sem vencer – com três empates no intervalo. Mais uma vez, os berlinenses demonstraram como sabem lidar com suas limitações e criar um jogo capaz de encarar os principais adversários do campeonato. Já o Dortmund fica com 22 pontos, na quarta posição, mas preocupado em não ser ultrapassado pelo Wolfsburg. Falta muito para os aurinegros contarem novamente com um time consistente. Moukoko, ao menos, deu motivos para alguma esperança ao futuro.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore