Bundesliga

Os invencíveis: Leverkusen coroa primeiro título com feito inédito na Bundesliga

Além de conquistar o título alemão pela primeira vez, o Leverkusen de Xabi Alonso completou campeonato de forma invicta

Histórico, inesquecível, ou qualquer outro adjetivo que você, caro leitor, queira definir para esta jornada espetacular. O invencível Bayer Leverkusen encerrou a sua participação na Bundesliga desta temporada sem perder um único jogo. Neste sábado (18), a equipe bateu o Augsburg pelo placar de 2 a 1 na BayArena, encerrando a competição com incríveis 28 vitórias e seis empates.

Pela primeira vez na história da Bundesliga uma equipe conseguiu o feito de ser campeã sem perder um único jogo. Fora da era atual, apenas uma equipe havia conseguido conquistar o título alemão sem ser derrotado.

Na temporada 1942/1943, o Dresden venceu o antigo Campeonato Alemão, vencendo todos os 23 jogos que disputou naquela competição. O Leverkusen agora faz parte de um seleto grupo de campeões nacionais, formado por Arsenal, Juventus, Milan, Ajax e Porto, entre outros grandes times.

O time campeão alemão venceu com gols de Boniface, e um lindo gol de Andrich, de letra, ambos no primeiro tempo, aos 12 e 27 minutos respectivamente. O jogo ficou mais equilibrado na etapa final, e Kömür marcou outro golaço aos 17 do segundo tempo, diminuindo o placar.

Como foi a última apresentação do Leverkusen na Bundesliga?

Dominante desde os primeiros minutos, o Leverkusen adotou a mesma postura de sempre quando joga diante do seu torcedor. Marcando em bloco alto nos primeiros minutos, o time treinado por Xabi Alonso chegou ao seu primeiro gol logo aos 12 minutos da etapa inicial. Após pressão na saída de bola, o goleiro Koubek acabou errando um passe, e entregou a bola nos pés de Adli. O ponteiro não quis definir o lance sozinho, foi solidário e só rolou para Boniface, que de frente para o gol vazio, só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo das redes.

Leverkusen
Leverkusen comemorou título com mais uma vitória em casa (Foto: Icon Sport)

Intenso e colocando os visitantes na roda, o Bayer Leverkusen chegou ao segundo gol 15 minutos mais tarde, e com um golaço, diga-se de passagem. Após cobrança de escanteio pelo lado esquerdo, a bola sobrou do lado direito da área. A bola foi chutada para o meio do tumulto e Andrich, recém-convocado para a seleção da Alemanha para a disputa da Eurocopa, definiu a jogada com uma linda letra, aumentando o marcador na BayArena, aumentando a festa do torcedor presente no estádio.

 

Com dois gols de vantagem, o Leverkusen administrou a vantagem, porém, quem assistiu ao primeiro tempo imaginou que a margem construída em 27 minutos seria o prenúncio de uma goleada. Na etapa final, o cenário do jogo mudou drasticamente. Saindo mais da defesa, o Augsburg passou a se aventurar mais no ataque, e conseguiu diminuir a vantagem após contra-ataque aproveitado com maestria por Mert Kömür.

O jovem alemão de apenas 18 anos, revelado nas categorias de base do clube, acertou um lindo chute da entrada da grande área, acertando o ângulo do goleiro Hrádécky, que pulou, mas nada pôde fazer para evitar o único gol dos visitantes no jogo. A partir daí, o jogo ficou aberto, com as duas equipes criando grandes chances para movimentar o placar novamente.

Os goleiros trabalharam brilhantemente, principalmente Koubek pelo lado do Augsburg, e o resultado acabou mesmo em 2 a 1 para o Leverkusen, primeiro clube a conquistar a Bundesliga de modo invicto.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Lucas de Souza é jornalista formado pela Universidade São Judas em São Paulo. Possui especialização em Marketing Digital pela Digital House, e passagens pelos sites Futebol na Veia e Futebol Interior.
Botão Voltar ao topo