Bundesliga

O adeus de Marco Reus à torcida do Borussia Dortmund teve golaço e muita emoção

Ídolo fez um belo gol de falta para coroar despedida emocionante da Muralha Amarela

Antes mesmo de a bola rolar na Bundesliga, o dia já prometia muita emoção. O jogo do Borussia Dortmund contra o Darmstadt não era lá muito importante para a tabela, mas marcava a despedida de Marco Reus do Signal Iduna Park, que foi sua casa nos últimos 12 anos.

Duas semanas atrás, em 4 de maio (sexta-feira), o ídolo anunciou que deixaria o Borussia Dortmund. Bicampeão da Copa da Alemanha e da Supercopa da Alemanha, Reus ainda pode se despedir com o grande título da sua carreira. O BVB encara o Real Madrid na final da Champions League em 1 de junho, em Wembley. Mas neste sábado (18), o dia era de adeus à torcida.

— Sou incrivelmente grato por ter jogado por este clube, por tantos anos. É muito difícil para mim encontrar as palavras certas agora — disse Marco Reus ao anunciar seu adeus.

Reus se emocionou e marcou golaço em despedida da torcida do Borussia Dortmund - Foto: Icon sport
Reus se emocionou e marcou golaço em despedida da torcida do Borussia Dortmund – Foto: Icon sport

Ao todo, foram 427 jogos, recorde histórico, e 170 gols pelo clube, para encerrar a passagem como segundo maior artilheiro do clube.

O atacante não decepcionou. Aos 38 minutos da primeira etapa, após Maatsen abrir o placar, era a hora de Reus brilhar. O ídolo marcou um golaço de falta, o seu 100º no estádio e 170º pelo clube, para ajudar na goleada por 4 a 0. Matsen, Brandt e Maalen marcaram os outros gols da vitória do Dortmund.

‘Obrigado, Marco’: Muralha Amarela prepara lindo mosaico

'Obrigado, Marco', dizia o lindo mosaico da Muralha Amarela para Marco Reus, em seu adeus ao Signal Iduna Park com a camisa do Borussia Dortmund - Foto: Icon sport
‘Obrigado, Marco’, dizia o lindo mosaico da Muralha Amarela para Marco Reus, em seu adeus ao Signal Iduna Park com a camisa do Borussia Dortmund – Foto: Icon sport

Um lindo mosaico trazia uma gigante camisa 11 com as inscrições “Obrigado, Marco”, recepcionou o Dortmund em sua entrada em campo. Era impossível não se emocionar.

O amor à camisa de Reus foi aplaudido de pé pela torcida

Os companheiros de elenco deixaram Marco Reus entrar primeiro do que o restante do time para ser saudado pelo estádio. Quando o camisa 11 pisou no gramado, o Signal Iduna Park veio abaixo com um carinho ensurdecedor.

Símbolo de amor à camisa, o jogador de 34 anos e passou 10 deles nas divisões de base do Borussia Dortmund antes de se profissionalizar na terceira divisão do país pelo Rot Wheiss Ahlen. Antes de voltar ao time de sua cidade e do seu coração em 2012, Reus ainda se destacou pelo Borussia Mönchengladbach.

Marco Reus, emocionado, é levantado pelos companheiros após o gol que marcou na goleada do Borussia Dortmund - Foto: Icon sport
Marco Reus, emocionado, é levantado pelos companheiros após o gol que marcou na goleada do Borussia Dortmund – Foto: Icon sport

Desde que passou a vestir aurinegro, o atacante recusou propostas de gigantes europeus e do rival Bayern de Munique, o que só aumentou sua idolatria.

— O Bayern quis me contratar. Eu também falei com Jupp Heynckes. Ele é um técnico experiente. Eu queria saber dele onde eu poderia melhor. Mas ele não me convenceu a me juntar (ao Bayern). (Não me arrependo disso) nem por um segundo.

No fim, aos 35 minutos do segundo tempo, foi substituído por Nmecha e recebeu o carinho dos mais de 80 mil torcedores que lotaram o Signal Iduna Park para despedir-se de seu ídolo. Um corredor foi formado pelos jogadores para Reus deixar o campo. O jogo rolava, mas o dia, entretanto, era de festa.

Dortmund goleia Darmstadt, e técnico rival se emociona ao fim

Ainda deu tempo de a vitória do Dortmund virar goleada. Brandt, que entrara no lugar de Adeyemi, fez o terceiro, aos 26 minutos, e Malen, aos 42, marcou o quarto.

O Darmstadt foi rebaixado e sofreu uma goleada. Mas uma faixa de homenagem da torcida do Borussia Dortmund e a ida de Marco Reus para o meio da bateria emocionaram até o técnico rival, Torsten Lieberknecht, a se emocionar com a despedida.

Reus vai para a arquibancada, bebe cerveja e rege torcida após o jogo

Após o apito final, era hora de mais festa. Ninguém deixou o Signal Iduna Park, muito pelo contrário. O jogo acabou, mas a despedida de Marco Reus continuava. O ídolo, entretanto, não queria dar adeus apenas ao gramado.

O eterno camisa 11 correu para a linha de fundo, pulou a placa de publicidade e subiu às arquibancadas. A recepção da Muralha Amarela não poderia ter sido melhor.

Dos torcedores, na bateria, recebeu uma cerveja e um microfone. Entre um gole e outro, regeu os mais de 80 mil torcedores no estádio enquanto se divertia como mais um deles. Uma cena icônica para coroar a bela passagem pelo Borussia Dortmund. Obrigado, Marco.

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Caio Blois nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e se formou em Jornalismo na UFRJ em 2017. É pós-graduado em Comunicação e cursa mestrado em Gestão do Desporto na Universidade de Lisboa. Antes de escrever para Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo