Bundesliga

Coman, 22 anos, ameaça aposentadoria, se voltar a se machucar seriamente

Kingsley Coman tem apenas 22 anos, muito talento e um futuro promissor. Mas já está cansado da quantidade de lesões que sofreu na sua curta carreira. O francês voltou a defender o Bayern de Munique nas últimas duas rodadas da Bundesliga, depois de outro problema físico que o afastou dos gramados por aproximadamente três meses, e prefere se aposentar a voltar à mesa de cirurgia.

LEIA MAIS: Torcidas alemãs somam forças para ajudar projetos sociais às vésperas do Natal

Coman tem um problema recorrente no tornozelo, responsável pela sua ausência dos gramados nesta temporada e também por limitar seu número de jogos na anterior a 33 partidas, sendo 21 na Bundesliga. Em 2016/17, ele jogou ainda menos, 25 vezes, também prejudicado pelo tornozelo.

“Foi um ano muito difícil. Quando eu me machuquei, foi o fim do mundo para mim”, afirmou, em entrevista à emissora de televisão francesa TF1. “Eu espero que não precise reviver o que eu passei. Chega. Não aceitarei uma terceira operação. Significaria que talvez meu pé não foi feito para este nível. Eu viveria uma outra vida, uma vida anônima”.

Coman chegou ao Bayern de Munique da Juventus, em 2015, e já defendeu os bávaros 98 vezes, com 16 gols marcados. Tem três títulos do Campeonato Alemão.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo