Bundesliga

Com gol de Reus e Tapsoba brincando de goleiro, Dortmund abre temporada vencendo o Leverkusen

Lucas Hrádecky foi expulso na reta final da partida, e o zagueiro Tapsoba teve que quebrar o galho por alguns minutos como goleiro

Os últimos duelos entre Borussia Dortmund e Bayer Leverkusen tiveram muitos gols, mas o deste sábado, pela primeira rodada do Campeonato Alemão, teve apenas um, marcado por Marco Reus, garantindo uma vitória apertada por 1 a 0, mas importante para o começo de trabalho do técnico Edin Terzic.

Sem Erling Haaland, o Dortmund teve um ataque muito jovem e leve, com Donyell Mayen, Youssoufa Moukoko e Karim Adeyemi, que saiu machucado ainda no primeiro tempo. Foi melhor, no geral, embora o Leverkusen tenha crescido depois do intervalo e chegou a merecer o gol de empate.

A partida terminou com uma cena insólita. Lukas Hrádecky recolheu uma bola perdida na entrada, mas estava tão no limite que fez agarrou a bola com as mãos no lado de fora. O assistente de vídeo checou, e o árbitro Felix Byrch expulsou o goleiro do Bayer Leverkusen. Edmond Tapsoba precisou terminar a partida debaixo das traves.

O Borussia Dortmund dominou as ações no primeiro tempo. Mesmo sem mais posse de bola, foi perigoso e sofreu pouco no ataque – o Leverkusen não exigiu uma defesa de Kobel. Aos 15 minutos, o garoto  Moukoko recebeu pela esquerda e cruzou rasteiro. No outro lado da trave, Karim Adeyemi chutou, mas Piero Hincapié conseguiu parar a bola em cima da linha. Reus apareceu para completar.

O Leverkusen levou um pouco de perigo com um chute de Patrik Schick de fora da área, mas no geral foi inofensivo, e quem quase marcou o segundo antes do intervalo foi o Borussia Dortmund. Reus recebeu pela esquerda da grande área, após boa trama, colocou na frente e bateu cruzado, perto da trave. Moukouko fechava pelo meio e quase alcançou para conferir.

No começo da etapa final, Mallen fez grande jogada pela esquerda e tocou para trás. Thorgan Hazard, que havia entrado no lugar de Adeyemi, chegou batendo de primeira, para grande defesa de Hrádecky. Depois desse lance, o Leverkusen passou a ficar um pouco mais no controle. Chegou até a empatar, com Exequiel Palacios pegando rebote de Schick, mas o argentino estava impedido.

Shick foi bastante frustrado por Kobel, que fez duas boas defesas em um intervalo de cinco minutos para frustrar o atacante tcheco. O Leverkusen teve outro gol impedido, em um carrinho de Nico Schlotterbeck, novo reforço do Dortmund que foi titular, mas Sardar Azmoun estava impedido no começo da jogada.

Nos acréscimos, o Dortmund teve uma chance boa de ampliar porque a expulsão de Hrádecky rendeu uma falta perigosa na entrada da área contra um zagueiro fazendo as vezes de goleiro. Marco Reus, porém, mandou para fora. Mas não havia mais tempo para o Leverkusen buscar o empate.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo