Bundesliga

Borussia Mönchengladbach escolhe Adi Hütter, do Frankfurt, como seu novo técnico

Treinador, de 51 anos, será o sucesso de Marco Rose, que vai para o Borussia Dortmund; técnico deve levar Eintracht Frankfurt de volta à Champions depois de 60 anos

O Borussia Mönchengladbach já sabe qual será o seu próximo treinador. Depois do anúncio da saída de Marco Rose ao final da temporada, o Gladbach vem derrapando na Bundesliga e precisava de um rumo. Escolheu contratar o treinador que tem sido uma sensação na liga: Adi Hütter, do Eintracht Frankfurt, prestes a levar o clube de volta à Champions League depois de 60 anos.

Hütter assinou contrato por três temporadas com o Gladbach e assume o time a partir da próxima temporada. O clube chegou a cogitar a contratação do ex-meio-campista Xabi Alonso, que atuou pelo Bayern de Munique na Bundesliga, além de ter defendido também Liverpool e Real Madrid. Atualmente, comanda o time B da Real Sociedad, clube pelo qual se profissionalizou, em 1999. Em meio a especulações sobre a sua saída, ele renovou o vínculo com o clube basco até 2022.

Aos 51 anos, Hütter ganhará um grande desafio pela frente. O Borussia Mönchengladbach jogou a Champions League na atual temporada, mas faz uma campanha ruim na Bundesliga, em oitavo lugar e longe das vagas europeias. O time de Hütter está 13 pontos à frente, em quarto, sete pontos à frente do quinto, Borussia Dortmund.

O Eintracht Frankfurt de Hütter é o segundo melhor ataque da Bundesliga, com 59 gols, com André Silva em grande fase com 23 gols em 26 jogos. Restam seis rodadas e o Frankfurt tem tudo para fazer história. Algo que o Gladbach quer voltar a fazer na próxima temporada.

“Estamos muito satisfeitos que Adi Hütter concordou em se juntar a nós. Ele é o melhor técnico para assumir os desafios e objetivos que nós temos como time e como clube do verão em diante”, afirmou Max Erbel, diretor esportivo do Gladbach.

Hütter chegou ao Eintracht Frankfurt para substituir outro técnico que fez ótimo trabalho por lá: Niko Kovac, campeão da Copa da Alemanha, que depois assumiu o Bayern de Munique – mas acabaria demitido uma temporada e meia depois. Na sua primeira temporada, chegou em sétimo na Bundesliga e foi até as semifinais da Liga Europa. Na temporada passada, terminaram em nono na Alemanha e chegaram às semifinais da Copa da Alemanha.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo