Bundesliga

O Borussia Dortmund flertou com o perigo, mas segurou uma importante vitória contra o Bremen e deu um chega pra lá no Leipzig

Com direito a golaços de Malen e Sancho, Borussia Dortmund derrota Werder Bremen fora de casa e se mantém no G4 da Bundesliga

Neste sábado (9), o Borussia Dortmund venceu o Werder Bremen por 2 a 1, no Weserstadion, em jogo válido pela 25ª rodada da Bundesliga. Com um jogador a menos durante todo o segundo tempo, os Aurinegros sofreram forte pressão dos donos da casa e por pouco não deixaram o triunfo escapar. Apesar do gol sofrido, a equipe visitante segurou a vantagem mínima e conquistou três pontos importantíssimos na briga pelo G4 da Bundesliga.

Com a derrota, o Werder Bremen estacionou nos 30 pontos e se manteve na nona colocação, mas ainda arrisca ser ultrapassado pelo Freiburg, que joga neste domingo (10), contra o Bochum. A equipe do técnico Ole Werner volta a campo no próximo sábado (16), para enfrentar o Union Berlim fora de casa, no Estádio An der Alten Försterei, em partida válida pela 26ª rodada da Bundesliga.

O Borussia Dortmund, por sua vez, recuperou a quarta colocação, que havia perdido para o RB Leipzig. Com os três pontos somados, os Aurinegros foram a 47 e se mantiveram fortes na luta por uma vaga na Champions League 2024/2025. Falando em Champions, o time de Edin Terzic tem compromisso importante pela competição continental nesta quarta-feira (13). A partir das 17h (horário de Brasília), os alemães medem forças contra o PSV, no Signal Iduna Park, por uma vaga nas quartas de final. Na partida de ida, disputada na Holanda, as equipes empataram por 1 a 1. Desse modo, quem vencer em Dortmund avança de fase na competição continental.

Como foi a vitória do Borussia Dortmund sobre o Werder Bremen

O Borussia Dortmund imprimiu ritmo forte nos primeiros minutos. A equipe visitante controlou a posse de bola, girou o jogo e colocou o Werder Bremen para correr. Porém, sem oferecer perigo. Faltava objetividade (como de praxe na temporada) aos aurinegros e o time da casa definitivamente não se sentia ameaçado. Os mandantes olhavam o Dortmund trocar passes e optavam por não apertar a marcação. A estratégia estava clara: jogar no erro do adversário e espetar contra-ataques rápidos.

O jogo era marcado por muito estudo, cautela e forte disputa no meio-campo, o que dificultava a proposta ofensiva do Borussia. Para furar a retranca do Werder Bremen, foi preciso a ação de um zagueiro. Do campo de defesa, Süle descolou lindo passe para Julian Brandt e desmontou completamente as linhas de marcação. Livre, leve e solto, o meio-campista aurinegro experimentou arremate de fora da área e obrigou Zetterer a espalmar. Mas no rebote, não teve jeito. Donyell Malen emendou um lindo voleio e a bola passou por debaixo das pernas do goleiro. Dortmund na frente.

O gol marcado por Malen fez bem a partida. Nas cordas e precisando correr atrás do prejuízo, o Bremen aumentou a intensidade ofensiva e tentou ensaiar uma pressão. Contudo, não obteve sucesso. O Dortmund segurou o ímpeto dos donos da casa e buscou explorar os espaços concedidos. E em belíssima jogada individual de Sancho, aumentou a contagem. O camisa 10 deixou Malatini na saudade, invadiu a área e tocou na saída de Zetterer. A etapa inicial só não foi perfeita para os visitantes, pois já nos acréscimos Sabitzer deixou o time em desvantagem numérica. O volante deu entrada criminosa em Weiser e recebeu o cartão vermelho direto.

Werder Bremen, mais por pressão do que por opção, mudou totalmente no segundo tempo

Na tentativa de se aproveitar da expulsão de Sabitzer, o Werder Bremen mudou completamente sua postura no segundo tempo. Na verdade, os papeis se inverteram. Se nos 45′ iniciais foi o Borussia Dortmund quem tomou as rédeas em campo, durante a etapa complementar os donos da casa assumiram esse posto. Coube ao time aurinegro baixar as linhas, se defender e explorar os contra-ataques.

Demorou, mas a forte pressão do Bremen surtiu efeito. Com 24′ no relógio, Schmid recebeu passe primoroso vindo do meio-campo, foi solidário e deixou Njinmah na boa para marcar. O atacante tinha o gol vazio pela frente e só teve o trabalho de empurrar. A partir daí, a torcida da casa abraçou de vez a equipe. A atmosfera do Weserstadion empurrou o Dortmund ainda mais para trás e o time verde e branco intensificou a blitz. Porém, o placar não foi mais alterado. Chuveirinho na área, chutes bloqueados e finalizações perigosas. O Bremen tentou de tudo e só desistiu de buscar o empate após o apito final.

Próximos jogos do Werder Bremen

  • Union Berlin x Werder Bremen – Bundesliga – 16/03
  • Werder Bremen x Wolfsburg – Bundesliga – 30/03
  • Eintracht Frankfurt x Werder Bremen – Bundesliga – 05/04

Próximos jogos do Borussia Dortmund

  • Borussia Dortmund x PSV – Champions League – 13/03
  • Borussia Dortmund x Eintracht Frankfurt – Bundesliga – 17/03
  • Bayern de Munique x Borussia Dortmund – Bundesliga – 30/03
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo