Bundesliga

Bayern atropelou nos minutos finais contra um Hoffenheim que batalhou enquanto teve forças

Em mais um jogo consistente, o Bayern nem precisou de toda sua força para golear com gols que deslancharam no final para se transformar em goleada

Enfrentar o Bayern de Munique na Allianz Arena em jogo da Bundesliga é sempre uma roubada. O Hoffenheim sabia disso e tentou o melhor que podia. Batalhou muito e chegou até a causar alguma preocupação no segundo tempo. Não foi o bastante. Depois de abrir 2 a 0 no primeiro tempo, o Bayern conseguiu deslanchar nos minutos finais e ainda goleou por 4 a 0.

O Bayern começou o jogo forte, como é costume. Logo aos nove minutos, teve um gol anulado de Serge Gnabry. Aos 16, o gol saiu. E de Gnabry. Foi ele que marcou depois de receber de Jamal Musiala, astro em ascensão no clube de Munique.

Aos 30 minutos, o Bayern chegou ao segundo gol. Desta vez, em uma boa jogada de Thomas Müller, que acionou o sempre perigosíssimo Robert Lewandowski. Em condições, o camisa 9 aproveitou para marcar 2 a 0. O polonês ainda poderia ter ampliado o marcador antes do intervalo, mas o goleiro Oliver Baumann se posicionou bem e defendeu.

O segundo tempo, como esperado, foi de um ritmo mais lindo. O Bayern colocou marcha mais lenta e via o Hoffenheim seguir batalhando para voltar ao jogo. O jogo quase ficou perigoso, com os visitantes tentando chegar e o Bayern cozinhando o jogo.

Só que o Bayern chegou ao terceiro gol em um lance de muita infelicidade da defesa do Hoffrenheim. Andrej Kramaric tentou afastar uma bola de escanteio, a bola bateu nas costas da de Corentin Tolisso e sobrou para Eric Maxim Choupo-Moting, que tinha acabado de entrar. Colocou no fundo da rede: 3 a 0.

Logo depois, o Bayern quase ampliou. Efetivamente, a bola entrou em um bom lance pela direita de Kingsley Coman para Corentin Tolisso, mas o francês estava impedido. O gol foi corretamente anulado. Àquela altura, porém, com 38 minutos de jogo, a partida estava decidida.

Em seguida, o Bayern marcou, enfim, o quarto gol. O Hoffenheim, que antes de tomar o terceiro gol ainda batalhava muito, afrouxou o jogo. O Bayern, implacável como é, tratou de golear. Com 42 minutos, Coman recebeu pela direita e tocou com tranquilidade para marcar: 4 a 0.

Vimos uma cena muito rara em seguida. Lewandowski recebeu de frente para o goleiro, fez o breque e, fominha, chutou por cima, já desequilibrado. Ele tinha Tolisso ao seu lado, livre, em melhores condições para marcar. Não passou a bola e o Bayern perdeu a chance.

No fim, uma vitória tranquila do Bayern, que segue líder na Bundesliga. São 22 pontos, um a mais que o Borussia Dortmund, segundo colocado.

 

 

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo