Alemanha

Bayern atropela Leverkusen e Dortmund agradece

A “síndrome” que acomete o Bayer Leverkusen quase sempre que este briga por títulos – e que o leva a ser apelidado pelos rivais de “Neverkusen” – voltou a aparecer aos Aspirinas neste domingo. Melhor para o Bayern de Munique, agora sem Louis Van Gaal, que dominou as ações e não tomou conhecimento do rival, aplicando-lhe um sonoro 5 a 1, na Allianz Arena.

O resultado não só colocou os bávaros na zona de classificação para a Liga dos Campeões, com 55 pontos como complicou a vida do Leverkusen, que segue com 61 pontos, na vice-liderança, e pode ver o Borussia Dortmund, líder com 66, abrir oito pontos de vantagem, restando quatro jogos para o fim da Bundesliga. Curiosamente, o placar não é de todo ruim para o técnico Jupp Heynckes. Afinal, o treinador do Leverkusen será o comandante do Bayern na próxima temporada.

O Bayern de Munique mostrava-se mais disposto no ataque, enquanto o Leverkusen, errando passes, demorava a entrar na partida. Tanto que os donos da casa não demoraram a abrir o placar. Aos 6 minutos, após cobrança de escanteio, Simon Rolfes acabou desviando involutariamente para o gol.

O gol fez com que os visitantes se arriscassem mais aos ataques, mas com dificuldades para bater a zaga do time da casa, que mostrava empenho na marcação e nas divididas. Os espaços que eram abertos com os ataques permitiam que o Bayern ganhasse espaço, e em um dos contra-ataques, chegou ao segundo gol.

Em bola alçada na ponta direita, Arturo Vidal tentou tirar a bola de calcanhar, mas caiu na marcação de Thomas Müller, que dominou na entrada da área e tocou para dentro. Mario Gomez chegou batendo, tirando do alcance de Rene Adler, ampliando o marcador para o Roten, aos 28 minutos.

Os Aspirinas sentiraram o baque e mostravam dificuldade para armar os ataques. Embora mantivesse mais posse de bola, os visitantes não encontravam espaços na defesa bávara. O Bayern, por sua vez, adotava o veloz contra-ataque como estratégia, ainda que com poucos arremates, mas então suficiente para impedir avanços mais arriscados do Leverkusen.

A eficiência bávara seria mais uma vez premiada ainda no primeiro tempo. Aos 45 minutos, em novo contra-ataque dos donos da casa, o zagueiro Daniel Van Buyten avança pelo meio campo e abre para Müller. O atacante, novamente, cruza rasteiro para a área e, tal qual no lance do segundo gol, Mario Gomez apareceu para mandar a bola para as redes.

E ainda deu tempo, nos acréscimos, para o Bayern marcar o quarto ante a desnorteada defesa do Leverkusen, novamente com Gomez. Em novo ataque, Bastian Schweinsteiger dominou na entrada da área e abriu na direita para o atacante, que dominou e chutou forte, sem chances para Adler.

No começo da segunda etapa, o Bayern passou a jogar administrando o resultado, e o Leverkusen saiu para o jogo. Aos 17 minutos, os Aspirinas chegaram ao primeiro gol em uma de suas primeiras reais investidas na partida, com Eren Derdiyok, após confusão na marcação de Van Buyten e Schweinsteiger.

Apesar de terem tirado o pé depois do intervalo, os bávaros ainda conseguiram ampliar a goleada, aos 30 minutos, com o francês Frank Ribery. Após lance de bola parada, o jogador recebeu de Van Buyten e fez bela jogada, mandando a bola entre as pernas de Stefan Reinartz, antes de tocar na saída de Adler, para marcar o quinto do time da casa e fechar a contagem.

Confira todos os jogos da 30ª rodada do Campeonato Alemão:

Sexta-feira, 15/abr
Mainz 1×0 Borussia Mönchengladbach

Sábado, 16/abr
Wolfsburg 2×2 St. Pauli
Hamburg 0x0 Hannover 96
Hoffenheim 1×0 Eintracht Frankfurt
Köln 1×3 Stuttgart
Kaiserslautern 0x2 Nürnberg
Werder Bremen 1×1 Schalke 04

Domingo, 17/abr
Bayern Munique 5×1 Bayer Leverkusen
Borussia Dortmund x Freiburg

Veja as próximas rodadas e a classificação do Campeonato Alemão.
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo