África

Uma boa lembrança para evitar apostas em futebol

Na juventude, não é difícil ver crianças apostando a casa em disputas de pênaltis no portão dos vizinhos ou em um jogo de videogame. O problema é que o ugandense Henry Dhabasani levou a brincadeira a sério e, já adulto, casado com três mulheres e pai de cinco filhos, não tem mais onde morar porque o Manchester United venceu o Arsenal por 1 a 0 no último final de semana.

A história está no The Observer, de Uganda. Dhabasani, agora um sem teto de Iganga, no sudeste do país, ficou tão empolgado com o começo de temporada quase impecável do time de Arséne Wenger que apostou a sua casa com Rashid Yiga que o líder da Premier League conquistaria mais uma vitória no campeonato.

O prejuízo de Yiga seria mais profundo se o Arsenal vencesse – isso se você acredita que o amor vale mais que posses materiais. Ele colocou a própria mulher e um Toyota Premio quase zero quilômetros sob responsabilidade de David Moyes e seus jogadores. O acordo foi registrado por escrito na presença de líderes locais e testemunhas.

Então, não tinha como dar o famoso migué. O gol de Robin Van Persie garantiu uma vitória importante para o Manchester United e o desespero de Dhabasani, que desmaiou ao fim da partida. Ninguém ficou muito comovido. Na segunda-feira, vários fãs dos Red Devils invadiram a casa dele e expulsaram todo mundo que morava lá. Talvez no returno ele consiga recuperá-la.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo