África

Parreira: 'Nosso time está longe de se considerar pronto'

Carlos Alberto Parreira não escondeu seu descontentamento com a seleção da África do Sul. O técnico dos Bafana Bafana lamentou o empate sem gols com o Uruguai, em amistoso disputado nesta quarta-feira em Johannesburgo e apontou algumas falhas de sua equipe.

“Nosso time está longe de se considerar pronto. Não é fácil mudar o modo de jogar, o estilo, a cultura… É contra meus princípios usar lançamentos longos, sem construir jogadas, mantendo a posse de bola. Não acho que seja esse o caminho, principalmente para os africanos. O Brasil também enfrenta problemas de finalização. Eles sentem a falta de Ronaldo e de outros jogadores, e Dunga está testando vários nomes. Aqui na África do Sul isso também é um problema”, afirmou.

Parreira tem recebido diversas críticas pelos resultados pouco convincentes da África do Sul até aqui. O brasileiro se defendeu. “É apenas o começo. Estou aqui há oito meses e não se tem o melhor time nesse período. Precisamos de muito mais tempo, talvez até fevereiro ou março. Esse é o processo de construção da equipe para a Copa Africana de Nações e a Copa das Confederações.”

No último fim de semana, o treinador se irritou com o desempenho do time na derrota por 3 a 1 para Zâmbia, em casa, pelas eliminatórias da CAN-08. Parreira teria atirado cadeiras e outros objetos no vestiário para chamar a atenção de seus atletas. Mesmo com a derrota, a África do Sul se classificou para o torneio continental.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo