África

Operários de obras em estádio da Copa-10 fazem greve

As obras para a construção do estádio da Cidade do Cabo para a Copa do Mundo de 2010 passam por problemas. Nesta quinta-feira, os operários protestaram, pelo segundo dia seguido, e cobraram melhores condições de trabalho.

Vários deles se juntaram nesta manhã do lado de fora do estádio, mas foram proibidos de entrar. Um dia antes, os protestos realizados terminaram de forma violenta. Os operários jogaram pedras nos escritórios da empresa responsável pelas obras. Uma delas atingiu um policial na cabeça.

“Deveríamos ter um encontro com a direção da empresa. Em vez disso, recebemos uma mensagem de que a companhia tomou providenciais legais contra os trabalhadores por fazer uma greve ilegal”, afirmou Eugenia Peter, porta-voz do sindicato dos operários.

Os grevistas exigem que os empregadores paguem o transporte deles do local de trabalho até a estação de trem no centro da cidade, localizada a vários quilômetros de distância. Os responsáveis pelas companhias Murray & Roberts e WBHO, empresas do ramo de construção que cuidam das obras, não foram localizados para comentar o caso.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo