ÁfricaCopa Africana de Nações

Gana e Mali se garantem nas quartas de final da CAN

Precisando apenas segurar um empate para se classificar, Gana assegurou a primeira posição no Grupo D da Copa Africana de Nações. Os Estrelas Negras jogaram com o regulamento e se contentaram com o 1 a 1 conseguido contra Guiné, em partida realizada em Franceville. Nas quartas de final, os ganeses encaram a Tunísia.

A partida em Franceville teve primeiro tempo parelho entre as duas equipes. Guiné tinha um pouco mais de iniciativa no ataque, mas não conseguia passar pela defesa dos Estrelas Negras. Aos 27 minutos, a equipe chegou até mesmo a balançar as redes com Ibrahima Traoré, mas o árbitro assinalou impedimento e anulou o lance.

Bastaram apenas mais dois minutos para que Gana abrisse o placar. Após cobrança de escanteio, Emmanuel Agyemang Badu recebeu passe no bico da grande área, levantou a bola e soltou o pé, acertando o ângulo, sem chances para o goleiro Naby Yattara. Pouco depois, Samuel Inkoom recebeu bola livre de marcação e, mesmo com Yattara mal posicionado, mandou a bola para fora.

Nos minutos finais da primeira etapa, os guineenses passaram a pressionar um pouco mais e Adam Kwarasey precisou sair nos pés de Sadio Diallo para salvar aquele que seria o gol de empate. Ainda assim, a igualdade veio nos acréscimos. Abdoul Razzagui Camara chutou da lateral do campo e a bola acabou encobrindo Kwarasey, morrendo no fundo das redes.

No segundo tempo, Guiné passou a pressionar um pouco mais em busca do segundo gol, mas não conseguia passar pelo bloqueio adversário. Quando tomavam a bola, os Estrelas Negras administravam o resultado favorável. E a situação ficou ainda mais cômoda aos ganeses aos 24 minutos, quando Mamadou Dioulde Bah foi expulso, após receber o segundo cartão amarelo. A partir de então, Gana teve maior facilidade para dominar os Syli e manteve a igualdade até o fim.

A outra seleção classificada no Grupo D é a de Mali, que enfrentará o Gabão nas quartas de final. Les Aigles começaram perdendo para Botsuana, mas conseguiram virar o placar para 2 a 1 e fecham a chave na segunda colocação, com seis pontos.

Mali começou a partida com maior posse de bola, tentando pressionar Mali, mas não criava oportunidades de gol. Botsuana equilibrou o jogo no fim do primeiro tempo e abriu o placar logo após o intervalo. Aos cinco minutos, Moemedi Moatlhaping cruzou e Mogakolodi Ngele encheu o pé, tirando a bola do alcance do goleiro Oumar Sissoko.

Poucos minutos depois Mali chegou ao empate. Após cobrança de escanteio, Garra Dembélé aproveitou rebote do goleiro para estufar as redes. Por fim, a virada aconteceu já aos 30 minutos, com Seydou Keita. O meio-campista do Barcelona tabelou com Cheick Diabaté e deu um leve toque sobre o goleiro Modiri Marumo.

Confira os confrontos das quartas de final:

Sábado, 4/fev
Zâmbia x Sudão
Costa do Marfim x Guiné Equatorial

Domingo, 5/fev
Gabão x Mali
Gana x Tunísia

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo