África

Com sabor de vingança

Dois dos países mais importantes do norte da África, Marrocos e Tunísia, acostumaram-se a monopolizar grandes decisões do futebol africano nos últimos anos. A final da CAN 2004, sediada e conquistada pelos tunisianos, simboliza com exatidão esta rivalidade cada vez mais acentuada no continente. Não muito longe, na decisão da final da Liga dos Campeões Africana desta temporada, mais um triunfo dos tunisianos sobre os marroquinos: o Espérance derrotou o Wydad Casablanca e ficou com o título e a vaga no Mundial Interclubes.

Na Copa das Confederações da África, segunda principal competição de clubes do continente (o equivalente a Liga Europa ou a Sul-Americana), os clubes da Tunísia e do Marrocos também travam um duelo particular pela hegemonia da competição desde 2004, quando o torneio foi remodelado. Em 2006, os tunisianos do Etoile du Sahel conquistaram o caneco sobre o FAR Rabat, do Marrocos, enquanto no ano passado, os marroquinos do FUS Rabat derrotaram o CS Sfaxien na decisão.

Em 2011, a rivalidade ganhou um capítulo extra: o Club Africain, um dos clubes mais tradicionais da Tunísia, despontava como grande candidato ao título da Copa das Confederações da África. A equipe venceu o Maghreb de Fès por 1 a 0 no jogo de ida da decisão e caminhava a passos largos para o título, pois jogava por um simples empate e se sobrepunha no quesito tradição, já que o adversário nunca havia disputado uma final continental em 65 anos de história. Dentro de campo, o ‘pedigree’ não valeu de nada: no tempo normal, vitória do MAS por 1 a 0 e enorme pressão dos donos de casa. Nos pênaltis, justiça ao panorama do jogo: 6 a 5 e MAS campeão, vingando o revés do compatriota Wydad na LC.

Não obstante, a trajetória dos marroquinos durante o torneio foi muito consistente. Em 18 partidas, foram 10 vitórias, 4 empates e 4 derrotas (sendo apenas duas na fase final). A equipe conta com bons valores, tais como o goleiro Anas Zniti, heroi da decisão com dois pênaltis defendidos e um convertido – justamente o que selou a conquista. O capitão Rachid Dahmani, o atacante Hamza Bourrezouk, artilheiro do time com cinco gols, e o malaio Moussa Tigana, autor do “gol do título”, foram outras peças importantes durante a campanha.

E mesmo não estando entre os maiores clubes do país, o MAS conta com uma das torcidas mais fanáticas do Marrocos (os ‘Ultras Fatal Tigers’, que fizeram uma linda festa no último domingo, possuem enorme reputação por lá) e vem progredindo bastante nos últimos anos no futebol local. Na temporada passada, a equipe foi vice-campeã da Copa do Marrocos e do Campeonato Maroquino (Botola), ficando inclusive à frente do Wydad Casablanca e pontuando em 25 dos 30 jogos disputados (número superior inclusive ao do campeão Raja Casablanca, que em compensação, venceu 18 partidas contra 14 dos rivais diretos).

A atual temporada também tem sido motivo de orgulho, mesmo porque, pelo segundo ano consecutivo, o MAS está na final na Copa do Marrocos (com direito a vitória sobre o Wydad Casablanca nas semifinais). No Campeonato Marroquino o desempenho é modesto, mesmo porque a competição continental exigiu que o clube estabelecesse prioridades na temporada. Mas a ascensão não pode parar por aqui. A equipe sonha em trilhar o caminho do FUS Rabat, outro clube de média expressão no Marrocos, campeão da mesma Copa das Confederações da África em 2010 e hoje líder do campeonato nacional. No âmbito continental, o próximo passo a ser dado é a disputa da Supercopa da África, em duelo contra o Espérance no início do ano que vem. Mais um confronto particular entre marroquinos e tunisianos, que ainda caíram na mesma chave da CAN 2012. Indiscutivelmente, trata-se da maior rivalidade do futebol africano na atualidade.

Curtas

– Falando em Campeonato Marroquino, passadas 10 rodadas, o FUS Rabat ocupa a primeira posição do torneio com sete pontos de vantagem para o vice-líder, Moghreb Tétouan. Os líderes receberam o tradicional Raja Casablanca e venceram com autoridade por 2 a 0.

– Na Tunísia, o surpreendente Bizertin bateu o Kairouan por 3 a 0 e manteve a liderança da Ligue 1 com 13 pontos. O atual campeão, Espérance, com duas partidas a menos, soma apenas quatro até aqui.

– Após 13 rodadas, caiu a invencibilidade do SuperSport United no Campeonato Sul-Africano. A equipe visitou o atual campeão Orlando Pirates e perdeu por 3 a 0, mas ainda sustenta a liderança com 28 pontos. O vice-líder, Maritzburg, só empatou com o AmaZulu sem gols e chegou aos 25.

– Após a derrota no clássico, o USM Alger bateu o lanterna Hussein Dey por 3 a 0 e segue na ponta da Ligue 1 argelina. O vice-líder, Belouizdad, bateu o Mouloudia Alger por 2 a 0 e empurrou um dos clubes mais vitoriosos do país para a zona de rebaixamento.

– O Asante Kotoko venceu o Ebusua Dwarfs por 1 a 0 e manteve dois pontos de vantagem na liderança da Premier League ganesa. O Berekum Chelsea ocupa o segundo posto, enquanto o Hearts of Oak, derrotado pelo Liberty Professionals, caiu pra terceiro.

– O pontapé inicial da temporada 2012 da Premier League nigeriana já tem data marcada: 7 de janeiro. O Dolphins FC defenderá o título conquistado neste ano.
– E nesta semana, apenas um clube africano comemorou um título nacional: o Coin Nord, que mesmo com a derrota para o Fomboni Club por 2 a 0, conquistou a renomada e emocionante liga de Comores.

– No Pré-Olímpico Africano, quatro seleções seguem na briga pelas três vagas diretas para Londres. No Grupo A, Senegal bateu Marrocos por 1 a 0 e ficou com a liderança da chave, enquanto os marroquinos foram beneficiados com a goleada da Nigéria sobre a Argélia por 4 a 1 e também avançaram.

– No Grupo B, o Egito bateu a África do Sul por 2 a 0 e ficou isolado em primeiro lugar, eliminando os sul-africanos. A vice-liderança surpreendentemente ficou com o Gabão, que fez 3 a 1 na Costa do Marfim. Na semi, Senegal encara Gabão e o Egito enfrenta o Marrocos.

– Os finalistas automaticamente já se garantem nas Olimpíadas, bem como o terceiro colocado, enquanto o quarto disputará um playoff contra uma seleção asiática para garantir vaga.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo