ÁfricaEliminatórias da Copa

Camarões sente na pele para que serve o ranking da Fifa

Quantas vezes você já ouviu que o ranking da Fifa não serve para nada? Bom, os camaroneses certamente discordam disso. Com base no ranking da Fifa, Camarões terá um confronto muito difícil no playoff por uma vaga na Copa do Mundo.

Os camaroneses garantiram a última vaga na fase final das Eliminatórias Africanas graças a uma vitória por 1 a 0 sobre a Líbia, neste domingo. Jogando em casa, o time venceu com gol do zagueiro Chedjou. Camarões é o décimo classificado para a fase final. Os outros nove são Etiópia, Cabo Verde, Costa do Marfim, Gana, Burkina Faso, Nigéria, Egito, Senegal e Argélia.

A próxima fase é um confronto mata-mata, definido por sorteio. O sorteio, porém, é dirigido. As seleções são separadas em dois potes. O primeiro pote tem os cinco times em melhor posição no ranking da Fifa e o segundo os demais. Os times de um pote serão sorteados com os times do segundo para um confronto direto, em mata-mata, por uma vaga na Copa do Mundo.

A essa altura, já dá para imaginar o problema para Camarões. Sim, o time ficou no segundo pote, porque vem mal em jogos oficiais nos últimos anos. Assim, o pote 1 terá Costa do Marfim (18ª no ranking da Fifa), Gana (24º), Argélia (34º), Nigéria (35º) e Cabo Verde (36º). Camarões (51º) ficou no pote 2, junto com Burkina Faso (48º), Egito (61º), Senegal (78º) e Etiópia (102º).

Isso significa que as chances de termos um confronto de pesos pesados é grande. A chance maior para Camarões é enfrentar Cabo Verde, o time menos tradicional entre os do pote 1. Mesmo assim, é bom lembrar que foram os cabo-verdianos que eliminaram os camaroneses nnas eliminatórias da Copa das Nações Africanas. Ou seja: a vida será dura para os Leões Indomáveis, seja como for. Se Camarões estiver no Brasil em 2014, certamente será superando um grande desafio.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo