ÁfricaCopa Africana de Nações

Burkina Faso vence as próprias dificuldades e elimina Togo

Sem Alain Traoré, principal jogador do time, Burkina Faso conseguiu uma classificação sofrida para a semifinal da Copa Africana de Nações. Em um jogo fraco tecnicamente, o time venceu Togo por 1 a 0 na prorrogação, com um gol de cabeça.

O jogo em si teve poucas chances. E com o passar do tempo no estádio Mbombela, o jogo ficou mais cansativo, com os times se arriscando pouco e os jogadores darem sinais de desgaste. Assim, cada chance tinha que ser aproveitada. O atacante Emmanuel Adebayor fe uma boa jogada que poderia ter resultado em gol, mas o goleiro Daouda Diakité defendeu.

Com o 0 a 0, o jogo foi para a prorrogação. E em uma das poucas chances, veio o gol decisivo. Jonathan Pitroipa, de cabeça, marcou no último minuto do primeiro tempo da prorrogação. Ele completou uma cobrança de escanteio do lado direito.

O segundo tempo não teve muitas chances. O time de Burkina Faso enrolou, gastou o tempo, enquanto Togo mostrou-se completamente sem forças para ameaçar. E, assim, garantiu a classificação. O time garante a sua classificação e já tem garantido o seu melhor resultado na história da CAN.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo