África

Argélia derrota Gana em amistoso, acumula 34 jogos de invencibilidade e chega tinindo para a CAN

Atual campeã da Copa Africana, a Argélia igualará o recorde de invencibilidade da Itália se não perder durante a fase de grupos

A Argélia chega na ponta dos cascos para a disputa da Copa Africana de Nações. As Raposas do Deserto são as atuais campeãs continentais e, mais recentemente, faturaram também a Copa Árabe com uma equipe sem os jogadores em atividade na Europa. Nesta quarta, mais uma prova de força veio no último amistoso preparativo antes da estreia na CAN: os argelinos derrotaram Gana por 3 a 0. O time dirigido por Djamel Belmadi chegou a 34 partidas de invencibilidade, em sequência sustentada desde 2018. Se passar a fase de grupos da Copa Africana sem perder, a Argélia igualará o recorde histórico estabelecido pela Itália em 2021.

Gana não atravessa o seu melhor momento e tinha desfalques de peso, mas não é isso que diminui os méritos da Argélia. Djamel Belmadi também não escalou seu time principal, sem nomes importantes como Riyad Mahrez e Sofiane Feghouli. Ainda assim, as Raposas do Deserto sobraram nos 3 a 0 no Catar. O primeiro gol foi o mais bonito, numa linda jogada de Adam Ounas pelo lado direito do ataque, acertando o canto do goleiro aos oito minutos. Na segunda etapa, um gol contra de Jonathan Mensah aumentou a conta e Islam Slimani demonstrou oportunismo para fechar o placar.

A última derrota da Argélia aconteceu em 16 de outubro de 2018, quando a equipe foi batida na visita a Benin pelas eliminatórias da Copa Africana de Nações. Desde então, o time principal das Raposas do Deserto não perdeu mais, com 25 vitórias e nove empates, além de 85 gols marcados e apenas 21 gols sofridos. A Itália recentemente registrou 37 partidas de invencibilidade. A sequência argelina é a quarta maior da história do futebol de seleções, atrás ainda dos 35 jogos de Brasil (1993-96) e Espanha (2007-09).

Esta série invicta da Argélia não inclui resultados registrados pelo segundo quadro, o que deixa de fora a Copa Árabe – quando alguns dos principais nomes do time estavam ausentes. Em compensação, a sequência teve seus pontos altos no título da Copa Africana em 2019 e na grande campanha nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Vale ponderar também que, por conta da pandemia, a maior parte dos duelos aconteceu contra times africanos. Vitórias contra Catar e Colômbia, bem como um empate com o México, são as exceções.

A Argélia estreará na Copa Africana de Nações em 11 de janeiro, próxima terça-feira, contra Serra Leoa. Os atuais campeões do torneio compõem o Grupo E ao lado de Costa do Marfim, Guiné Equatorial e Serra Leoa. A abertura da competição acontece no próximo domingo, dia 9, com Camarões x Burkina Faso.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo