ÁfricaEliminatórias da Copa

Arbitragem se enrola toda na vitória da Nigéria sobre a Etiópia

A seleção nigeriana venceu a Etiópia por 2 a 1, fora de casa, e encaminhou a vaga para a Copa do Mundo de 2014. Os anfitriões tiveram um gol mal anulado no primeiro tempo e poderiam reclamar, não fosse outro erro crasso na etapa final que permitiu aos etíopes abrirem o placar.

Saladin Seid teria marcado o primeiro da Etiópia mais cedo caso o trio de arbitragem tivesse validado o toque que ele deu na saída do goleiro Vincent Enyeama. O zagueiro nigeriano Godfrey Oboabona ainda cortou a bola, que aparentemente cruzou a linha. Na etapa final, o erro foi compensado. Enyeama defendeu um cruzamento de Behailu Asefa em cima da linha, mas o auxiliar camaronês Yanoussa Mousse, com a visão obstruída pelo goleiro, validou o gol. Depois Emmanuel Emenike marcou duas vezes para dar a vitória para a Nigéria. Veja os lances polêmicos e tire suas próprias conclusões:

Árbitro anula gol da Etiópia:

Etiópia abre o placar:

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo