ÁfricaHolanda

André Onana comemora retorno após doping: “Voltei a ser um jogador de futebol”

O goleiro de 25 anos passou nove meses suspenso por doping antes de retornar nos jogos decisivos de Camarões pelas Eliminatórias Africanas - e fazer defesas importantes

Após cumprir nove meses de suspensão por doping, o goleiro André Onana foi a campo durante a última Data Fifa para ajudar Camarões a avançar à fase final das Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo do Catar e comemorou ter finalmente voltado a ser um jogador de futebol.

Onana, 25 campos, falhou em um teste antidoping realizado em 30 de outubro de 2020 que encontrou a substância furosemida em sua urina. Em 5 de fevereiro do ano passado, ele recebeu suspensão de um ano, reduzida para nove meses após apelação à Corte Arbitral do Esporte.

Retornou aos treinamentos em setembro, a dois meses do fim da sua punição, encerrada em 4 de novembro. Foi reintegrado ao elenco do Ajax, com o qual tem contrato até o final da temporada, em 28 de outubro, mas ainda não foi utilizado pelo técnico Erik ten Hag, embora tenha sido levado para o banco de reservas.

A chance de jogar novamente chegou por meio da convocação da seleção camaronesa para as últimas partidas da segunda fase das Eliminatórias Africanas. Eram necessárias duas vitórias, contra Malawi e no confronto direto com a Costa do Marfim, para que Camarões avançasse ao mata-mata que definirá os cinco representantes africanos no Catar.

Os seis pontos foram conquistados com participação importante de Onana, especialmente no jogo contra a Costa do Marfim, em que ele fez um milagre para impedir o gol de Franck Kessié. Os cinco confrontos de mata-mata com jogos de ida e volta serão realizados em março.

“Após um longo período de lutas e sofrimentos, voltei a ser um jogador de futebol e defender o meu país. Quero agradecer a todas as pessoas que me acompanharam e me deram força neste trajeto difícil. Trabalho feito. Vamos para mais”, afirmou, pelo Twitter.

Pelas declarações do diretor-esportivo Marc Overmars, a ideia era que Onana não atuasse mais pelo Ajax, após quase ter sido negociado na janela de transferências. Como Marteen Stekelenburg está fora do restante da temporada por lesão, Overmars disse que “é bom que ele esteja de volta com o time principal”, em um primeiro momento como reserva de Remko Pasveer.

Com contrato até junho de 2022, jovem e livre da punição por doping, Onana chama a atenção de clubes de ligas fortes. Está sendo bastante especulado na Internazionale, cujo titular, Samir Handanovic, tem 37 anos e também está a meses do fim do seu vínculo.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo