África

A busca pelo tri da LC continua

Como em 2006, a passagem do Al Ahly para as semifinais da Liga dos Campeões esteve ameaçada até a última rodada. Após duas derrotas consecutivas, sendo uma delas a maior sofrida em trinta anos na competição, um começo pouco empolgante na Liga Egípcia e a saída de Mohamed Shawky para o Middlesbrough, comentou-se muito a respeito de uma suposta crise que estaria à beira de romper no clube. Acostumados aos excelentes resultados do Ahly nas temporadas passadas, os egípcios acompanharam com desconfiança a classificação da equipe.

A primeira colocação do grupo foi conquistada graças ao tropeço do Al Hilal, que, fora de casa, não passou de um empate com o Espérance, do recém-contratado Cabralzinho. Ainda assim, os Vermelhos encontraram bastante dificuldades para assegurar a vaga. Sem Aboutrika entre os titulares, o treinador Manuel José escalou o polivalente Barakat na armação. Como era de se esperar, ele não desapontou. A mesma avaliação, porém, não pode ser feita da defesa, que, por diversas vezes, tentou colocar a seqüência do Ahly na LC em risco. Não fosse pelo mau aproveitamento do atacante Nafiu Iddrisu, do ASEC Mimosas, os pentacampeões continentais poderiam estar eliminados a essa altura.

Mimosas fora, Al Hilal dentro. Que ninguém ouse duvidar da qualidade da legião nigeriana comandada pelo brasileiro Heron Ferreira. O Étoile du Sahel, adversário nas semifinais, certamente não o fará. Já garantido na liderança, o ESS poupou alguns de seus principais nomes contra o Al Ittihad. Sem os atacantes Amine Chermiti e Gilson “Ja” Silva, o ESS perdeu para o clube líbio. Ainda que o excelente zagueiro Al Shibani não tivesse marcado mais uma vez, o Al Ittihad estaria classificado por causa do empate do JS Kabylie, então concorrente direto, com o FAR Rabat.

Ao contrário da edição anterior, os favoritos, como o Al Ahly e o Étoile du Sahel, não se encontrarão em uma das semifinais. Sendo assim, existe a perspectiva de uma decisão entre eles ou, mais ao gosto dos amantes do futebol alternativo, entre Al Hilal e Al Ittihad.

Semana trágica na África do Sul

Na semana em que comemora o retorno de sua maior estrela, Benni McCarthy, à seleção – a ser comentado na próxima coluna -, o futebol sul-africano chora as mortes de Gift Leremi, do Mamelodi Sundowns, e Nando Matola, do Black Leopards. Ambos faleceram em acidentes de carro na segunda e no domingo, respectivamente. O meio-de-campo do Downs havia acabado de retornar de Camarões, onde participou da derrota do clube para o Astres Douala, enquanto Nando seguia para Moçambique. Ele se prepararia com os Mambos para enfrentar a Tanzânia num confronto decisivo pelas eliminatórias da CAN.

Atleta com maior número de partidas por Moçambique, Nando exercia um papel de liderança tanto na seleção como em seu clube, onde, por diversas temporadas, contribuiu para o não rebaixamento deste para a Mvela League (Segunda divisão). Apesar de sua morte, os seus companheiros serão obrigados a encarar os tanzanianos porque as regras da CAF não permitem o adiamento da partida.

Além de Nando, a África do Sul também lamenta a perda de Gift Leremi, um meio-campista polivalente e habilidoso, de apenas 22 anos, mas que, durante sua carreira, construída, sobretudo, no Orlando Pirates, não soube aproveitar as oportunidades que lhe foram concedidas. Ele surgiu na temporada 2002/2003, quando, ainda inexperiente, se firmou na equipe do Pirates que se sagrou campeã no mesmo ano e ficou conhecida como “Whizz Kids”.

O atacante Lesley Manyathela, morto num acidente de carro há cerca de quatro anos, fazia parte desse time também. Gift possuía a fama de ‘bad boy’ na África do Sul, mas estava tentando se desvincular dela com a transferência para o Sundowns. As suas recentes apresentações foram bastante elogiadas pela imprensa, que, por sinal, enxergava nele um nome para compor a seleção Bafana na Copa do Mundo de 2010.

Os comandados de Carlos Alberto Parreira atuarão contra a Zâmbia no próximo fim de semana.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo