Zlatan sendo Zlatan: “Se trocarem a Torre Eiffel por minha estátua, prometo ficar no PSG”

Ibrahimovic brincou com a sua situação no PSG, considerando que só tem contrato até o final da temporada

Se o Paris Saint-Germain se transformou em uma máquina de conquistar títulos durante os últimos quatro anos, deve muito a Zlatan Ibrahimovic. Enquanto os parisienses formavam um time, o craque os carregava nas costas em diversas partidas. E agora, que o grupo comandado por Laurent Blanc chega ao ápice de sua força, o sueco cumpre o papel de protagonista do forte conjunto – e, não à toa, registra os seus melhores números nesta temporada. Contudo, o futuro de Ibra é incerto. Aos 34 anos, o artilheiro só tem contrato com o PSG até junho. Tanto que, durante a comemoração do título, ele preferiu despistar sobre o futuro, com mais uma de suas frases antológicas.

VEJA TAMBÉM: A supremacia do PSG evidencia um abismo, mas também uma fome ainda maior no tetra avassalador

“Eu estou feliz. Eu tenho uma boa relação com os torcedores e com o clube. Eles sempre tiveram carinho por mim. Tenho uma boa relação com todo mundo. Não há nenhuma dúvida sobre isso e eu estou feliz pelo momento. Mas eu não estarei no PSG na próxima temporada. Eu ainda tenho dois meses e meio aqui. Eu estou curtindo, mas o que vai acontecer no próximo ano, eu não sei. Por agora, eu não estarei”, declarou, em entrevista na saída de campo. Antes de soltar a sua galhofa, aos risos com a repórter: “Os torcedores me amam, mas eu não acho que eles podem trocar a Torre Eiffel por uma estátua minha, então… Mesmo as pessoas por trás do clube, eu não creio nisso. Mas se eles puderem, eu continuarei aqui, eu prometo a vocês!”.

Mais sério, o dono do PSG também comentou o futuro de Ibrahimovic no Parc des Princes. Segundo Nasser Al-Khelaïfi, o clube trabalhará para tentar segurar o atacante: “Paris é mágica, Zlatan também. Ele é fantástico. Todos os clubes querem Zlatan, mas desejamos que ele permaneça. Estou orgulhoso por ele, do que ele fez pelo clube e por sua carreira. Somos muito contentes por ele”.

Neste domingo, Ibra anotou três gols nos 9 a 0 sobre o Troyes, no jogo que garantiu o título francês – e posou orgulhoso ao lado da bola, autografada por todos os companheiros e “sentada” ao seu lado no ônibus durante a volta a Paris. Não se pode negar o sucesso do sueco em sua promessa inicial de elevar o PSG de patamar, embora siga perseguindo um feito maior na Liga dos Campeões. No entanto, com 13 títulos nacionais no currículo, não seria surpreendente se o artilheiro fosse buscar o sucesso em um novo país. Por isso mesmo, a Inglaterra é apontada como possível destino, enquanto a Itália também aparece entre as especulações. Isso se a Torre Eiffel não se transformar na Torre Zlatan, é claro.