O Chelsea tem uma história de 15 africanos que atuaram com a camisa do time de Londres desde o começo da Premier League. Alguns deles se tornaram grandes estrelas e pilares do clube ao longo deste período de sucesso que os Blues alcançaram. O marroquino Hakim Ziyech será o próximo a integrar a lista na próxima temporada, depois de ter a sua contratação confirmada no começo do ano. Neste vídeo, vemos alguns dos melhores africanos que vestiram o azul do Chelsea e honraram a camisa do clube.

Veja a lista de todos os africanos que defenderam o Chelsea na era Premier League:

Pierre Issa, África do Sul, 2001

Uma contratação um tanto estranha, chegou ao clube por empréstimo do Olympique de Marseille e, bom, praticamente não teve impacto nenhum. Zagueiro com 1,95 metro (suspeitamos que isso ajudou na sua contratação), chcegou em janeiro de 2001 e ficou até junho do mesmo ano. Sequer entrou em campo. Pois é.

Bertrand Traoré, Burkina Faso, 2013/2014

Contratado ainda na base junto ao Auxerre, o atacante nem teve chance de mostrar o seu futebol no clube de Stamford Bridge. Foi sendo emprestado até ser contratado em definitivo em 2017 pelo Lyon e assumir a camisa 10 do clube, onde é um destaque.

Mohamed Salah, Egito, 2014/15

Contratado em janeiro de 2014 depois de ótima fase de grupos pelo Basel, chegou ao Chelsea para tentar buscar o seu espaço ainda com José Mourinho. Nunca conseguiu ser o sucesso que teria, depois com a Roma e principalmente o Liverpool. Saiu por empréstimo para a Fiorentina, de lá para a Roma, Liverpool e, bom, chegamos a hoje.

Baba Rahman, Gana, 2015/16

Contratado depois da temporada do título de 2014/15, o jogador chegou para reforçar a lateral esquerda, mas não conseguiu mostrar que tem nível para isso. Veio do Augsburg e na temporada seguinte já começou a ser incessantemente emprestado. Ainda pertence ao clube, aliás. Está no Mallorca e seu vínculo vai até 2022.

Demba Ba, Senegal, 2013/14

O senegalês brilhava pelo Newcastle e foi contratado pelo Chelsea para dar seguimento. Fez um gol que é certamente doloroso aos torcedores do Liverpool, quando Gerrard escorregou e, bem, você sabe.

George Weah, Libéria, 2000

Depois de brilhar pelo PSG e pelo Milan, o maior jogador liberiano da história atuou alguns meses por empréstimo ao Chelsea. Deixou uma história de 13 jogos e quatro gols com a camisa dos Blues antes de partir para o Manchester City.

Celestine Babayaro, Nigéria, 1997/2005

O lateral esquerdo escreveu uma história longa pelo clube, mas nunca chegou ao nível que se esperava que ele chegasse, especialmente com a ótima campanha nigeriana na Copa do Mundo de 1998. Mesmo assim, não é qualquer jogador que faz 192 jogos (e oito gols) pelo clube de Stamford Bridge.

Samuel Eto’o, Camarões, 2013/14

Foi só uma temporada, mas Eto’o teve seus momentos pelo Chelsea. Emprestado pelo Anzhi, fez 35 jogos, 12 gols e sete assistências.

Victor Moses, Nigéria, desde 2012

O atacante, que já foi ala, chegou do Wigan em 2012, mas a sua trajetória pelo clube é bem errática. Foi emprestado ao Liverpool, Stoke, West Ham e ficou de 2016 a 2019 no Chelsea, até que foi novamente emprestado ao Fenerbahçe e atualmente à Inter de Milão. Seu contrato acaba ao fim da temporada 2021.

Njitap Geremi, Camarões, 2003/07

Vindo do Real Madrid, o lateral direito e meio-campista atuou por boas temporadas pelo clube inglês. Fez parte de um time importante do Chelsea que conquistou títulos, o primeiro esquadrão de José Mourinho no clube.

Mark Stein, África do Sul, 1993/96

Chegou do Stoke e teve uma boa passagem pelo clube. Foram 54 jogos, 23 gols e uma série de empréstimos em seguida, até a sua saída em definitivo do clube, em 1998.

Salomon Kalou, Costa do Marfim, 2006/12

Um jogador que marcou época no clube, conquistando títulos como quase sempre reserva. Mesmo assim, foi importante e deixou uma série de bons jogos pelo clube. No total, 254 jogos, 60 gols e 44 assistências.

John Obi Mikel, Nigéria, 2006/17

O volante ficou muito tempo no Chelsea e participou de boa parte das grandes conquistas do clube. É um jogador histórico da equipe.

Michael Essien, Gana, 2005/14

Outro jogador marcante na história do Chelsea, ficou muitos anos e com muitas taças no currículo. Não por acaso, se tornou parte de diferentes times vencedores da história do clube.

Didier Drogba, Costa do Marfim, 2004/12, 2014/15

Um dos maiores jogadores da história do Chelsea, teve duas passagens pelo clube. Depois de ganhar tudo pelo clube, saiu após a conquista da Champions League em 2012, mas voltaria para uma temporada de despedida em 2014/15. No total, são 381 jogos, 164 gols e 86 assistências pelo Chelsea.