A Associação de Futebol do Zimbábue (ZIFA) suspendeu 80 jogadores profissionais, suspeitos de participarem de um esquema de manipulação de resultados na Ásia. Entre os envolvidos no escândalo estão alguns jogadores da seleção local.

A federação indicou um comitê de ética independente para provar as acusações. Entre as partidas suspeitas estão três jogos da seleção de Zimbábue, disputados em Malásia, Vietnã e Tailândia em 2007.

“Todos os jogadores que foram mencionados no relatório do ‘Asiagate’, independente de quantas partidas disputaram, estão suspeitos e só serão liberados pelo comitê de ética. Para agora, eles não estão elegíveis para qualquer convocação”, afirmou o chefe-executivo da ZIFA, Jonathan Mashingaidze.

As suspensões deverão afetar a campanha do país nas eliminatórias da Copa Africana de Nações de 2013. O Zimbábue estreia na competição no dia 29 de fevereiro, quando enfrenta a equipe de Burundi.