Um dos jogadores mais criticados na temporada irregular do Real Madrid é Karim Benzema. O francês, dono da camisa 9, tem jogado muito abaixo dos companheiros. Na temporada passada, tinha Álvaro Morata como concorrente. Nesta, Borja Mayoral, um jogador que não conseguiu mostrar o mesmo nível. Por isso, se Benzema não joga, normalmente outros jogadores atuam por ali, como Gareth Bale ou a opção mais comum, que é deslocar Cristiano Ronaldo para o centro do ataque. Zinedine Zidane defendeu o compatriota das críticas.

LEIA TAMBÉM: Mais um recorde para Cristiano Ronaldo na Champions, igualando marca de Van Nistelrooy

Quando perguntado sobre Benzema na coletiva de imprensa nesta sexta, o técnico tratou de lembrar as qualidades do jogador. “Justo ou injusto, não tenho que comentar, não muda nada. Me interessa como trabalha e isso ele faz muito bem. Eu gostaria que ele tivesse marcado, teve chances, mas paciência e penso o que ele fez bem para a equipe. Marcaram outros jogadores e ganhamos, o resto não me interessa”. Quando perguntado como convenceria os que não gostam de Benzema, Zidane foi bastante calmo para responder. “Não tenho que convencê-los, há pessoas que conhecem futebol sabem que ele é bom. Há outros jogadores que há quem goste e quem não goste”, disse o técnico.

O repórter cita Isco. “Há quem gosta de Isco e outros que não gostam. Não vamos mudar isso, é o futebol e é a vida. Karim tem que continuar, já demonstrou nestes nove anos com o que fez que é muito bom. Não sou só eu que digo. Eu gosto muito, mas seus dados falam por si mesmos. É verdade que é o nove do Real Madrid e pedimos mais porque não tem marcado muitos gols ultimamente, mas está fazendo outras coisas para a equipe e o gol vai chegar”, disse Zidane.

Quando perguntado se estava satisfeito com a temporada, Zidane foi direto. “Não. Porque quando começamos a temporada queremos ganhar tudo. Sempre quero mais. Os jogadores também. Mas a realidade é a de hoje e estamos com o que pôde acontecer aqui. Para lutar por algumas coisas, também na Liga. Eu gostaria de estar em primeiro na liga e não eliminado da Copa, e sim em uma final. Isto é futebol, temos que aceitar também”, afirmou o francês.

Sobre a possibilidade de conquistar uma terceira Champions League seguida, Zidane desconversou. “Sinceramente, não penso tudo isso. Só penso no Eibar [adversário do fim de semana], em abril chegará a Champions e teremos que estar concentrados. Nós gostamos muito da Champions, somos ambiciosos. Mas para mim, o mais importante é seguir em um bom caminho e o que fazemos bem temos que repetir. Isso me interessa”, analisou.