Em um grupo com Zenit e Milan, era natural imaginar que esses dois times passariam para a próxima fase. Após duas rodadas, quem deu mostra de força foi o Málaga. Com duas vitórias, o time já alcança seis pontos e ganha boa vantagem para a disputa por uma vaga nas oitavas de final. Nesta quarta, los boquerones não tomaram conhecimento do Anderlecht e venceram por 3 a 0 mesmo atuando na Bélgica, com destaque para Eliseu.

Com muito mais posse de bola que o adversário, o Málaga dominou completamente as ações do jogo. Tanto que terminou a partida com 76% de posse de bola contra 24% do Anderlecht. Mostrou maturidade que não é de um time que joga pela primeira vez na fase de grupos.

Aos 46 minutos do primeiro tempo, Eliseu marcou 1 a 0 para o Málaga. No segundo tempo, aos 12 minutos, Joaquín cobrou pênalti e marcou 2 a 0 para os espanhóis. Aos 19 minutos, o momento decisivo. Isco, em mais uma grande partida, fez o passe para Eliseu, que marcou 3 a 0 e fechou a conta.

Com a vitória, o Málaga chega a seis pontos e agora terá dois confrontos com o Milan, em casa e fora, que podem ser decisivos para a classificação à próxima fase.

Ficha técnica

ANDERLECHT 0X3 MÁLAGA

Anderlecht
Silvio Proto; Guillaume Gillet, Marcin Wasilewski, Bram Nuytinck e Olivier Deschanht, Lucas Biglia e Cheikhou Kouyaté; Bruno (Sacha Kljestan, intervalo), Kanu e Milan Jovanovic (Olexandr Yakovenko, 14’/2T); Dieudonné Mbokani. Técnico; John van der Brom
Málaga
Willy Caballero; Sergio Sánchez, Martin Demichelis, Weligton e Nacho Monreal; Manuel Iturra, Ignacio Camacho, Joaquín (Duda, 29’/2T) e Eliseu; Isco (Seba, 36’/2T) e Javier Saviola (Roque Santa Cruz, 21’/2T). Técnico: Manuel Pellegrini
Local: estádio Constant Vanden Stock Stadium (Bruxelas-BEL)
Árbitro: Viktor Kassai (HUN)
Gols: Eliseu, 46’/1T, 19’/2T, Joaquín, 12’/2T (Málaga)
Cartões amarelos: Kouyaté, Wasilewski, Gillet, Mbokani (Anderlecht), Demichelis, Sergio Sánchez, Iturra (Málaga)
Cartões vermelhos: Nenhum