Tudo caminha para Aaron Ramsey deixar o Arsenal ao fim da temporada, quando seu contrato se encerra. Houve negociações para um novo vínculo de quatro ano, mas as duas partes não conseguiram chegar a um acordo. Para Jack Wilshere, ex-jogador do clube londrino e contemporâneo do galês, os Gunners estão cometendo um erro.

“Ele cresceu para ser um grande jogador do Arsenal”, disse, à Islington Gazette. “Sabemos o que ele pode fazer pelo clube. Para mim, ele é um futuro capitão do Arsenal. Eu sei que ele ama o clube. É difícil comentar porque não estou lá, mas eu sei que ele é um grande jogador. Se dependesse de mim, eu gostaria de mantê-lo”.

No fim de setembro, o Arsenal retirou da mesa a proposta de renovação de contrato. Segundo o Guardian, o empecilho foi o salário pedido pelo jogador de 27 anos, que queria ganhar na mesma casa de Mesut Özil, por volta de £ 350 mil por semana. “Tudo estava correndo bem com o clube, achamos que estávamos em uma posição em que concordamos um novo contrato, mas este não é mais o caso”, admitiu Ramsey.

Wilshere, que deixou o Arsenal ao fim do seu contrato na última temporada e acertou com o West Ham, lembra que subiu ao time principal no mesmo ano de Ramsey. “Ele veio do Cardiff e eu cheguei da base. Nós automaticamente nos relacionamos bem porque éramos jovens e novos naquele ambiente. Ele é um grande cara. Ele está no clube há muito tempo e o conhece muito bem”, disse.

“Acho que você precisa olhar a situação e perguntar: ‘Em quantos grandes times da Premier League e de outros lugares ele entraria?’ E você teria que responder em todos eles. E isso fala muito do tipo de jogador que ele é”, encerrou.


Os comentários estão desativados.