O West Ham anunciou nesta sexta estar em discussões sobre uma possível venda do clube. De acordo com comunicado divulgado pelos Hammers, as conversas estão ainda em um estágio inicial.

Segundo a equipe, a transação não estaria relacionada com as chegadas de Carlos Tevez e Javier Mascherano. Os dois jogadores, contratados do Corinthians nesta quinta, pertencem à empresa MSI (Media Sports Investment), cujo presidente é Kia Joorabchian.

As coincidências não se resumem a isto. A própria MSI cogitou a hipótese de adqurir o clube no ano passado. O próprio Kia Joorabchian teria conversado com os dirigentes dos Hammers a respeito do interesse da empresa em adquirir o controle majoritário do clube. O iraniano estaria disposto a injetar cerca de chr(128) 293 milhões no time. Porém, a negociação não progrediu.

Além disso, a situação da MSI com o Corinthians, do qual é parceiro, anda muito ruim. Joorabchian e Alberto Dualib, presidente do clube, não se suportam. O desgaste no relacionamento entre eles piorou nos últimos dias, com a possibilidade de haver o rompimento do contrato de parceria entre a empresa e o clube.

O West Ham não revelou o nome do possível interessado no clube. Apesar de negar que as contratações dos argentinos tenha a ver com a proposta, é impossível deixar de relacionar todos os fatos.