Werner sobre trio com Gnabry e Sané: “Não quero estar na pele dos nossos adversários”

Com cinco casos de COVID-19 na seleção ucraniana, ainda existe a possibilidade de não acontecer o jogo contra a Alemanha, neste sábado, às 16h45, pela Liga das Nações. Caso aconteça, será uma possibilidade para que Joachim Löw utilize um dos trios de ataque mais rápidos do futebol mundial: Leroy Sané, Serge Gnabry e Timo Werner, em uma visita a Leipzig, onde atuou antes de acertar com o Chelsea para esta temporada.

“Tive quatro excelentes anos no RB (Leipzig), parece que volto para casa depois de férias. Estou muito feliz por estar aqui novamente. Tive muitos cumprimentos calorosos no campo de treinamento”, afirmou Werner, segundo a Kicker. “Todos nós três temos muita velocidade. Estamos muito determinados. Não quero estar na pele dos nossos adversários”.

A rápida adaptação de Werner ao futebol inglês valeu elogios do treinador Joachim Löw. “Timo integrou-se muito rapidamente e muito bem na Inglaterra. Adaptou-se imediatamente ao jogo mais robusto e marcou os gols imediatamente. Marcar seus gols imediatamente é sua qualidade”, afirmou Löw.

Werner tem oito gols em 12 jogos pelo Chelsea, quatro na Premier League e três pela Champions League. Caso entre em campo contra a Ucrânia, será sua 34ª partida pela seleção alemã. Marcou 13 vezes.

.