Você pode discutir o design e a beleza da nova camisa reserva do Watford, mas isso é o que menos importa. O mais notável é a maneira como o clube inglês revelou o uniforme, e talvez seja o melhor lançamento já feito, quando a ideia prezou pelo simples. Em vez de realizar apresentações pomposas ou qualquer outro tipo de coisa mirabolante, a diretoria resolveu prestigiar os torcedores mais fiéis. Enviou uma camisa de graça a todos os torcedores que foram aos 19 jogos da equipe como visitante na última Premier League. Um agrado que representa demais.

No início do dia, o Watford avisou em suas redes sociais: “Tenha certeza de checar sua caixa de correio hoje, se esteve em todos os 19 jogos do Watford fora de casa em 2017/18”. Além disso, postava a imagem da caixinha especial, feita para o envio. A partir de então, começaram a chegar as imagens, também divulgadas pelos fanáticos em suas redes sociais. Mostravam a camisa verde, dentro da caixa estilizada, e uma carta.

A carta era assinada por Troy Deeney, grande símbolo do Watford nos últimos anos. Agradecia a fidelidade do torcedor, em nome do elenco e do clube. “Torcer para os maiores clubes do país é fácil. Você não precisa estar lá todo o tempo, pode ver na televisão e dizer que é fanático. Com a gente é diferente e por isso queríamos que você soubesse que é importante”, escreveu. Já ao final, garantia que, se a camisa não servisse, era só trocar na loja oficial.

As melhores ideias não são necessariamente aquelas mais elaboradas, mas sim as que vão diretamente ao ponto. Foi o que fez o Watford. O torcedor não quer malabarismos ou pirotecnia. Ele quer que o clube se importe com ele. Exatamente o que os ingleses fizeram.