Volta Olímpica: Uruguai vence na volta à Olimpíada

O Uruguai conseguiu abrir sua participação nos Jogos Olímpicos com uma virada sobre os Emirados Árabes Unidos. Depois de um primeiro tempo tomando um calor do time do Oriente Médio, a Celeste empatou no final e virou no segundo tempo, vencendo por 2 a 1 o jogo, realizado no estádio Old Trafford, em Manchester.

Os Emirados Árabes mostraram que têm alguma qualidade e o atacante Ismaeil Matar, o capitão e um dos jogadores acima da idade, é perigoso. O Uruguai, porém, tem bons jogadores, mas dava espaços na sua defesa. Com a mudança de esquema tático no intervalo, o time melhorou e usou sua maior qualidade para virar o jogo. No final, o time soube usar a experiência de Cavani e Suárez para gastar os minutos e ficar com a vitória.

Foi só a partir do segundo tempo que o time conseguiu exercer sua maior qualidade técnica e se impuseram, vencendo o primeiro jogo no Grupo A. Reino Unido e Senegal ainda se enfrentam nesta quinta-feira, na rodada inaugural do futebol masculino.

Destaque do jogo

A entrada de Lodeiro no intervalo. O meia, ex-Ajax e que assinou com o Botafogo, melhorou o time dando mais opção de criação de jogadas. O Uruguai passou a dominar o jogo e logo conseguiu a virada e virou senhor do jogo.

Momento chave

A mudança de esquema no intervalo do jogo. Tabárez estava jogando com três zagueiros, mas a entrada de Lodeiro povoou o meio-campo e deu mais criatividade ao time. Com isso, o Uruguai passou a usar muito toque de bola e impor sua qualidade técnica ao adversário, visivelmente mais fraco.

Os gols

22’/1T: Surpresa! Esmaeel faz belo passe para Ismaieil Matar receber livre, driblar o goleiro e tocar para as redes.

41’/1T: Em uma cobrança de falta precisa, Gastóin Ramirez colocou por cima da barreira e marcou um belo gol, empatando o jogo.

11’/2T: Depois de jogada pela esquerda de Luis Suárez, a bola sobrou para Lodreiro encher o pé esquerdo e colocar no canto.

 

Ficha Técnica

Emirados Árabes 1×2 Uruguai

Local: Estádio Old Trafford, em Manchester (ING)
Árbitro: Peter O’Leary (NZL)
Gols: Ismaeil Matar aos 23’/1T (Emirados Árabes), Gastón Ramírez aos 41’/2T, Nicolás Lodeiro aos 11’/2T (Uruguai)
Cartões Amarelos: Mohamed Ahmad (Emirados Árabes), Rolin German (Uruguai)

Emirados Árabes
Ali Khalef; Ahmed Khalil, Abdelaziz Sanqour, Mohamed Ahmad, Abdulaziz Hussain e Hamdan Al Kamali; Amer Abdulrahman, Omar Abdulrahman, Khamis Esmaeel e Rashed Eisa (Ahmed Ali aos 28’/2T); Ismaeil Matar (Ismail Al Hammadi aos 15’/2T). Técnico: Mahdi Redha

Uruguai
Martin Campaña; Sebastián Coates, German Rolín e Emiliano Albín; Ramón Arias, Maximiliano Calzada (Diego Rodriguez aos 24’/2T), Arévalo Ríos e Matías Aguirregaray (Nicolás Lodeiro no intervalo); Gastón Ramírez (Jonathan Urretaviscaya aos 36’/2T); Luis Suárez e Edinson Cavani. Técnico: Oscar Tabárez