A visita do Celtic à Amsterdã não foi negativa apenas pela derrota por 1 a 0 para o Ajax. Do lado de fora do estádio, confusões atrás de confusões marcaram a passagem dos escoceses pela capital holandesa, sendo elas iniciadas ou não pelos visitantes. Entre os episódios, uma emboscada em um pub, ataque à polícia e uma bandeira da Palestina.

Tudo começou na noite de terça-feira, quando dezenas de torcedores do Ajax atacaram cerca de cinquenta torcedores do Celtic que estavam em um pub. Alguns instantes antes, os escoceses presentes no bar haviam dado entrevista a uma TV holandesa, o que teria possibilitado aos agressores planejar o ataque. Após a confusão, a polícia escoltou a saída dos escoceses, e o Celtic emitiu um comunicado pedindo para que os fãs que os acompanhavam tomar mais cuidado.

No dia do jogo, foi a vez dos ataques, físicos ou não, partirem dos visitantes. Uma foto tirada por hooligans escoceses em frente ao palco da partida mostrava um dos torcedores segurando uma bandeira da Palestina, em ato de provocação delicado e polêmico, especialmente pelas ligações judias, do Ajax, cuja torcida muitas vezes leva bandeiras de Israel para o estádio.

Ultras Celtic Palestina

Mais tarde, após a derrota escocesa, mais confusão por parte dos torcedores do Celtic. Segundo a polícia de Amsterdã, torcedores, em sua maioria escoceses, atacaram “do nada” um grupo de policiais, com garrafas e pedaços de madeira. “No final da tarde, um grande grupo de torcedores do Celtic atacou policiais fardados. Oito ficaram feridos, e um, inconsciente”, disse um porta-voz da polícia.

Uma semana após as seguidas confusões na Rússia, o futebol europeu volta a ter episódios lamentáveis de violência e relacionados a assuntos que transcendem o esporte ou a rivalidade entre equipes. É chato ter de ficar batendo na mesma tecla, mas obviamente pouca coisa irá mudar enquanto as punições forem tão fracas. Além disso, é preciso ter uma maior preparação para certos jogos. Este, entre Ajax e Celtic, especificamente, já prometia algum tipo de confusão, já que na rodada passada, nas próprias arquibancadas do Celtic Park, torcedores escoceses e holandeses se desentenderam. Os casos têm se intensificado. O que deve acontecer para que a Uefa considere que um limite foi alcançado?