Os brasileiros Vinícius Júnior e Rodrygo tiveram um papel fundamental na vitória do Real Madrid sobre o Levante por 2 a 0 neste domingo, por La Liga. Enquanto o primeiro marcou um belo gol, que abriu o placar, o segundo fez a assistência para Karim Benzema marcar, já nos acréscimos, e fechar o placar. O goleiro Thibaut Courtois foi outro que brilhou com suas defesas e impediu até uma virada dos mandantes.

Zinedine Zidane voltou ao 4-3-3, com Vinícius Júnior pela esquerda, Marco Asensio pela direita e Karim Benzema pelo centro. O meio-campo desta vez foi formado por Casemiro, Federico Valverde e Luka Modric. Foi uma oportunidade que o treinador usou pela ausência de Toni Kroos, lesionado. Além dele, Eden Hazard segue fora do time, também por lesão.

O meio-campo funcionou muito melhor assim. Com Casemiro como pivô defensivo, Valverde e Modric tiveram liberdade e chegaram muito bem ao ataque. Com isso, o esquema de quatro meio-campista foi deixado para trás. O primeiro gol veio aos 16 minutos de partida. Depois d e uma cobrança de escanteio, a bola sobrou para o atacante, na segunda trave, e ele ajeitou com carinho e bateu colocado. Belo gol do brasileiro, que marca em dois jogos seguidos pela primeira vez desde que chegou ao Real Madrid.

No primeiro tempo, o Madrid teve três boas chances de marcar. Benzema chegou a acertar a trave e Vinícius quase marcou em um cruzamento de Asensio. Vinícius ainda perderia outra chance em um passe de Benzema.

No segundo tempo, as coisas mudaram. Foram duas alterações já no começo do segundo tempo com as entradas de Jorge de Frutos e Gonzalo Melero nos lugares de Nikola Vukcevic e José Luis Morales. Foram quatro chances de gols criadas pelo Levante, mas Courtois atuou bem, de forma muito segura, e impediu o gol dos rivais. Pequenos milagres do belga que impediram o empate e, assim, mantiveram o Real Madrid à frente do placar.

Cesemiro escapou de ser expulso em uma falta sobre Melero, por trás, já tendo cartão amarelo. O árbitro não quis punir o brasileiro, que se manteve e m campo. Depois, ainda anulou um gol de Sergio Ramos, que completou de cabeça uma cobrança de falta de Luka Modric, mas cometeu clara falta no defensor do Levante. O VAR foi chamado para intervir e impedir que o gol fosse validado.

O segundo gol só sairia aos 48 minutos do segundo tempo, quando o Levante já se jogava ao ataque. Em uma bola recuperada no campo de defesa, Rodrygo atendeu ao pedido de Benzema, que partia em velocidade pelo meio, livre. Rodrygo colocou a bola em profundidade e Benzema, partindo do próprio campo, correu com a bola até a área rival, driblou um zagueiro e finalizou com calma e categoria: 2 a 0 para o Real Madrid no estádio Ciudad de Valencia.

Foi o primeiro gol de Benzema nesta temporada, depois de cinco jogos. O último gol do jogador foi justamente na última partida da temporada anterior, a derrota para o Manchester City por 2 a 1 nas oitavas de final da Champions, no dia 7 de agosto.

O Real Madrid teve bons sinais dos seus brasileiros e do seu goleiro, todos eles importantes para a vitória. Apesar da boa atuação do Levante, o time sai com uma derrota por dois gols, mais do que pareceu justo pelo que se viu em campo.