Quando Vinícius Júnior explodiu para o mundo, era um garoto extremamente habilidoso destruindo os marcadores no sul-americano sub-17 de 2017. Ele barbarizou os adversários de uma forma que deixou todo mundo de boca aberta. Naquele ano mesmo, já seria vendido ao Real Madrid antes mesmo de estrear pelo time profissional do Flamengo.

Naturalmente, muita gente se assustou. Quem era o garoto que chamava tanto a atenção? Rapidamente, seus lances pela seleção se tornaram argumentos para que ele fosse pedido no time principal do Flamengo. E foi na primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2017 que o jogador, com 16 anos e 10 mesmo, estreou. No dia 13 de maio, ele entrou e jogou por oito minutos na partida, lançado pelo técnico Zé Ricardo. Seu nome já foi celebrado desde o seu primeiro jogo.

Sua trajetória no Flamengo foi mais como reserva do que como titular. Parte disso pode ser atribuído ao técnico, Zé Ricardo, que não parecia querer ter o garoto como titular, talvez por achar que ele não estaria preparado. A saída de Éverton, que foi para o São Paulo em abril de 2018, abriu de vez a avenida para Vinícius brihar. Com Paulo César Carpegiani e Mauricio Barbieri, Vinícius ganhou mais minutos, foi mais vezes titular e importante para o time.

Chegou a se especular que o garoto poderia ser emprestado por mais um ano ao Flamengo pelo Real Madrid. Mas o clube merengue o quis já em julho de 2018, mesmo que, no início, ele tenha ido para o Real Madrid Castilla, o time B. Não ficou por lá muitos jogos. A estreia pelo time principal foi em 29 de setembro de 2018, contra o Atlético de Madrid. Foram só dois minutos em campo, suficiente para tirar o nervosismo por estar em campo pela primeira vez com a camisa merengue.

Ainda em 2018, chegou a ser convocado e jogar pelo time sub-20, mas como tudo na sua vida, ele pulou etapas, impulsionado pelo seu talento. Havia pedidos para que ele fosse convocado pela seleção brasileira e Tite resistiu, no início. Foi convocado em março, mas se machucou em jogos da Champions League e acabou cortado. Sua estreia só viria meses depois. Em 11 de setembro de 2019, ele finalmente estreou pela seleção principal, em amistoso contra o Peru. Tinha 19 anos de idade.

Vinícius Júnior trabalhou inicialmente com Julen Lopetegui como técnico do Real Madrid, mas o espanhol durou pouco no cargo e, depois de assumir em julho, caiu em outubro. Santiago Solari assumiu como interino e deu a Vinícius mais minutos, até por ser o técnico do time Castilla e o vir brilhando por lá. Por vezes, se tornou o destaque do time, mesmo em meio a muitas estrelas. A volta de Zinedine Zidane ao comando do time, em março de 2019, poderia ter diminuído a sua importância na equipe, mas não foi o que aconteceu.

Na atual temporada, 2019/20, são 41 jogos disputados, com 21 deles como titular. Até aqui, são cinco gols e quatro assistências. Um dos gols foi justamente no clássico contra o Barcelona, que dá ao clube a vantagem no confronto direto em caso de empate em pontos entre os dois.

São só 20 anos de idade, mas Vinícius Júnior já tem uma carreira com muitos acontecimentos. Já é um jogador sempre cotado para estar na seleção brasileira, briga por posição no badalado Real Madrid que contratou Eden Hazard para a sua posição. Ainda não é uma estrela como o belga, mas tem sido um jogador confiável para o elenco, com seu espaço. Tem tudo para fazer ainda muito mais na carreira.

Os melhores momentos de Vinícius Júnior pelo Flamengo:

Vinícius Júnior pelo Real Madrid: