Xavi e Iker Casillas tiveram sua liderança na seleção reconhecida nesta sexta-feira. Os jogadores receberam o Prêmio Príncipe de Astúrias, condecoração oferecida pela coroa espanhola para trabalhos de destaque nas áreas científicas, culturais, sociais e esportivas. Comentando o mérito da dupla, Tito Vilanova exaltou também suas funções em apaziguar os ânimos nos clássicos entre Barcelona e Real Madrid.

“Tanto Xavi como Casillas são merecedores deste prêmio. Merecem por suas trajetórias, são um exemplo para as categorias de base pelo sentimento que têm por seus clubes. Tem conseguido que as relações entre Real Madrid e Barcelona sejam mais normais, deram a tranquilidade necessária para estes clássicos”, afirmou o técnico do Barcelona.

Vilanova também comentou os problemas defensivos dos blaugranas nas últimas partidas: “É possível que as mudanças na defesa causaram o excesso de gols sofridos na últimas partidas, mas continuamos marcando mais gols. O balanço dessa situação terá que ser feito no final da temporada. Estou contente com o rendimento dos jogadores”.

Por fim, o técnico explicou a situação de David Villa, que estaria descontente com os poucos minutos em campo nesta temporada: “Uma das razões é que Villa tem pegado ritmo e, no segundo tempo, os rivais estão mais cansados. Ele vai recuperar o papel que tinha aos poucos. Porém, não depende só de nossa intenção, com também a do jogador”.

O Barcelona lidera o Campeonato Espanhol com 22 pontos, à frente do Atlético de Madrid graças ao saldo de gols. Os blaugranas entram em campo neste sábado, quando enfrentam o Rayo Vallecano em Madri.