Um dos grandes momentos da história do Leeds foi no final do século 20 e virada para o 21. Naquela época, um artilheiro grandalhão australiano vestia a camisa 9 dos Whites: Mark Viduka. Era ele o atacante que fazia sucesso ao lado do prodígio Alan Smith e outros nomes emblemáticos daquele time, como Lucas Radebe, Jonathan Woodgate e Harry Kewell, seu compatriota. Nesta quinta-feira, o jogador completa 39 anos e resolvemos lembrar um desses momentos épicos antes do Leeds cair em derrocada – atualmente, o time está na segunda divisão, depois de passar por graves problemas financeiros.

EUA: Estados Unidos homenageiam Donovan antes do jogo de despedida do camisa 10
FIFA 15: Você consegue fazer os dribles do Fifa 15 na vida real? Esses caras te ensinam
FOOTBALL MANAGER: Assista ao documentário de Football Manager legendado em português

Viduka nasceu em Melbourne e começou a carreira no Melbourne Croatia, em 1993. Não por acaso: o nome de Viduka vem justamente porque ele é descendente de croatas. Tanto que foi jogar no Dinamo Zagreb, na Croácia, em 1995. Foi de lá que ele foi para o Reino Unido, mas primeiro para o Celtic, onde ficou de 1998 a 2000. Foi quando chegou ao Leeds e viveu os melhores anos da sua carreira.

No dia 4 de novembro de 2000, em sua primeira temporada pelos Whites, Viduka conseguiu marcar quatro gols sobre o Liverpool, em uma emocionante vitória por 4 a 3 sobre o time vermelho. Naquela temporada, o time terminou em quarto lugar, atrás apenas de Manchester United, Arsenal e Liverpool. Se classificou para a Copa da Uefa naquele ano.

Veja os gols daquela vitória do Leeds, os quatro gols de Viduka: