Quando se fala em futebol, empatar em casa não costuma ser bom negócio. Raramente é motivo para comemorar. Mas no caso de San Marino, um empate por 0 a 0, que não melhora muito a situação do time na tabela, foi motivo de muita, mas muita comemoração. Não é por acaso. Foi o primeiro empate em um jogo oficial de San Marino depois de 61 jogos. Uma nação com tão poucos empates na sua história – que dirá vitórias – tem mesmo que comemorar um resultado assim.

NA GAVETA: [VÍDEO] Veja o golaço de Isco pela Espanha contra Belarus
FESTA: No 100º de Rooney pela Inglaterra, foi Welbeck quem comemorou
VEXAME: Humilhação diante das Ilhas Faroe leva Grécia a demitir Ranieri

San Marino conseguiu o seu primeiro empate na história em 1987, um 0 a 0 com a Síria nos Jogos Mediterrâneos. Em jogos oficiais, o primeiro ponto que o país marcou foi nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 1994. Foi um 0 a 0 com a Turquia no dia 10 de março de 1993. Depois, o time só foi empatar novamente nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2002. O empate por 1 a 1 com a Letônia, no dia 25 de abril de 2001, era, até a sexta-feira, o último ponto conquistado em uma partida oficial.

Em toda sua história desde que está filiada à Uefa, em 1988, San Marino conseguiu três empates, sendo dois em Eliminatórias de Copa do Mundo e este primeiro em uma Eliminatória de Eurocopa. E quando vemos a alegrias que os jogadores comemoram o feito de arrancar o seu primeiro ponto em jogos pelas Eliminatórias para a Eurocopa, vemos o que faz o futebol ser o que é. Assista à festa dos jogadores, a maioria deles amadores: