[Vídeo] Um mar tricolor tomou Porto Alegre, em convulsão coletiva pelo título do Grêmio

Dezenas de milhares de pessoas se concentraram na Avenida Goethe, principal ponto da festa gremista pela conquista da Copa do Brasil

Nenhum gremista em sã consciência queria perder o carnaval que se espalhou por Porto Alegre nesta quarta. Era a festa de um grande título aguardada por 15 longos anos – e num intervalo no qual precisaram aturar os rivais comemorarem algumas de suas maiores conquistas. Assim, o desejo de tantos era mesmo ir à forra. A Arena do Grêmio bateu o seu recorde de público, com 55,3 mil espectadores. Já na Avenida Goethe, tradicional ponto de encontro da capital gaúcha, dezenas de milhares se reuniram para acompanhar a decisão da Copa do Brasil. Multidão reforçada mais ainda depois do empate por 1 a 1 contra o Atlético Mineiro, que garantiu o pentacampeonato do torneio. Segundo a estimativa dos organizadores, 100 mil pessoas teriam passado pelo local, embora a polícia fale em 30 mil presentes.

VEJA TAMBÉM: A Arena estremeceu com a avalanche esperada há tempos: O Grêmio voltou a gritar ‘é campeão’

A partir de então, o que se viu foi a convulsão coletiva de uma torcida apaixonada. Aquele momento que perseguia tantos gremistas em sonho, mas custava a se tornar realidade. Desta vez, muitos sequer acreditavam que era mesmo real. Por isso mesmo, aproveitaram da maneira mais carnal possível: com abraços, gritos, cerveja e a chuva que caía na pele para mostrar que ninguém ali estava dormindo. E ninguém ali queria dormir, para não perder o que se voltou a viver com o máximo de intensidade: o Grêmio, essencialmente copero y peleador, novamente campeão.

A celebração atravessou a madrugada. E, mesmo de manhã, alguns insistiam em não deixá-la acabar. A massa tricolor se dispersou, mas os ânimos não se arrefeceram. Era a glória, tão custosa, tão saborosa. Alegria que deixou várias imagens de erupção registradas pela cidade: