O Estádio Santiago Bernabéu é um dos grandes palcos mundiais do futebol. O Real Madrid, seu dono, está em processo de reforma da sua casa e já estava prevista uma fase da obra que impediria do local neste mês de junho, quando não estavam programados jogos. Pois é, já viu onde vamos chegar, né? A paralisação da temporada por causa da pandemia do coronavírus fez com que os jogos fossem adiados e seja necessário jogar neste período.

O Real Madrid decidiu manter as obras no seu estádio, até porque os jogos não terão público. Irá mandar os jogos até o fim da temporada de La Liga no Estáfio Alfredo Di Stéfano, que é usado pelo time B, o Castilla, e também pelas categorias de base. É um estádio menor, o que também implica em menos gastos para operá-lo – o que ainda é uma economia, portanto.

Que tal saber mais sobre a reforma do estádio do Real Madrid? A obra já começou em 2019, mas tem sido feita em etapas, aos poucos, para permitir que o clube continue jogando por lá. São usados os períodos sem jogos para as obras mais pesadas e que impedem o uso do equipamento.

Após o primeiro ano de obras de reconstrução, a transformação do estádio do Real Madrid já pode ser notada. O Santiago Bernabéu do século XXI deve ser um grande ícone universal de ponta e, desde junho de 2019, uma transformação impressionante está ocorrendo. Alguns dos trabalhos que refletem essas mudanças estão relacionados ao teto, onde as seções norte e sul foram desmontadas, a estrutura metálica pertencente às novas torres do Paseo de la Castellana, as outras duas estruturas de suporte de telhado localizadas na Calle Padre Damián e a construção de um parque de estacionamento subterrâneo.

Assista: