A França chega à Eurocopa cotada entre os favoritos, e não só por ser anfitriã do torneio. Basta pegar a escalação dos Bleus para ver a qualidade à disposição de Didier Deschamps. No entanto, os resultados da equipe nos últimos meses vêm sendo um tanto quanto errantes. Como aconteceu nesta segunda, em Nantes. Os franceses tiveram dificuldades para vencer a seleção de Camarões, garantindo o triunfo por 3 a 2 apenas aos 45 do segundo tempo. Nos lances dos três gols, ao menos, a qualidade individual se destacou. E o meia Dimitri Payet, um dos convocados que vivem melhor fase, mostrou que merece o protagonismo graças a mais um golaço de falta – já tinha feito um assim em sua última aparição pela equipe nacional, nos 4 a 2 contra a Rússia.

A seleção francesa abriu o placar aos 20 minutos, em belíssima jogada de Coman. O novato chegou à linha de fundo e cruzou para Matuidi chicotear a bola. Aboubakar empatou o duelo logo na sequência, mas Giroud tratou de retomar a vantagem antes do intervalo, após um lançamento milimétrico de Pogba. Por fim, aos 43 do segundo tempo, Choupo-Moting até parecia querer estragar a festa com o 2 a 2 no marcador. Mas logo depois Payet apareceu, cobrando falta rente à trave, diante da indecisão do goleiro Ondoa. O gol da vitória. A França ainda realiza mais um amistoso antes da Euro: no sábado, recebe a Escócia. Já a estreia no torneio acontece na sexta da próxima semana, diante da Romênia.