Lionel Messi atingiu um feito e tanto neste sábado. O camisa 10 alcançou os 54 gols pela seleção argentina, igualando Gabriel Omar Batistuta como maior artilheiro da história da equipe nacional. Marca que, no fim das contas, acaba ressaltando a grandeza do veterano. Tudo bem que Batigol era um centroavante, enquanto a Pulga desempenhou diferentes funções na equipe nacional, também como ponta ou meia. No entanto, Batistuta fez em 77 partidas aquilo que Messi precisou de 111 jogos para somar.

Impressionante também é o peso dos tentos do ex-camisa 9. Batistuta balançou as redes 10 vezes em Copas do Mundo, 13 em Copas América e 11 em Eliminatórias. Nada menos que 63% de seus gols vieram em torneios de primeira grandeza, e sua melhor média na seleção é justamente em Mundiais. Para Messi, esta porcentagem cai para 50%, enquanto somente cinco de seus tentos aconteceram em Copas do Mundo. Neste sentido, a efetividade de Batigol pela Albiceleste se torna ainda mais digna de aplausos.

Abaixo, um vídeo com 56 gols de Batistuta pela seleção. Dois marcados contra a Eslováquia, contudo, não são considerados como oficiais pela Fifa. Confira: