A paixão fica evidente a cada jogo, na vibração que vem das arquibancadas. Graças às torcidas, a atmosfera nos estádios argentinos costuma ser sempre alucinante. As barras bravas estão metidas em uma série de controvérsias, mas são praticamente insuperáveis quando se prestam apenas a empurrar seus times. Especialmente pela maneira como cantam a plenos pulmões, em letras que exaltam justamente a fidelidade às cores do clube. Um casamento eterno celebrado a cada rodada, cuja declaração de amor vem em forma de canção.

VÍDEO: Nem o goleiro do Palestino se conteve na Bombonera e cantou junto com a torcida do Boca
VEJA TAMBÉM: 
O “12º jogador” existiu de verdade, e foi o primeiro fanático do Boca

Para homenagear esse laço fortíssimo entre torcedores e equipes, o programa Fútbol Permitido, da TV pública argentina, preparou uma reportagem especial. Reuniu jogadores dos principais clubes da região de Buenos Aires para falar sobre a emoção que sentem ao ouvir as canções. Também entrevistou alguns dos autores das músicas originais adaptadas pelas torcidas. Além, é claro, de falar com os próprios fanáticos. Vale assisitr: